EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE D. CARLOS I DE PORTUGAL

 
NOME: Carlos Fernando Luís Maria Vítor Miguel Rafael Gabriel Gonzaga Xavier Francisco de Assis José Simão de Bragança Sabóia Bourbon e Saxe-Coburgo-Gotha (44 anos) 
QUEM FOI: Penúltimo Rei de Portugal. Filho do rei Luís I de Portugal e da princesa Maria Pia de Saboia, tendo subido ao trono em 1889. Foi cognominado O Martirizado (em virtude de ter morrido assassinado). D. Carlos foi um homem considerado pelos contemporâneos como bastante inteligente mas dado a extravagâncias. O seu reinado foi caracterizado por constantes crises políticas e consequente insatisfação popular. Em 1908, a família real regressou a Lisboa depois de uma temporada no Palácio Ducal de Vila Viçosa. Viajaram de comboio até ao Barreiro, onde apanharam um vapor para o Terreiro do Paço. Esperavam-nos o governo e vários dignitários da corte. Após os cumprimentos, a família real subiu para uma carruagem aberta em direcção ao Palácio das Necessidades. A carruagem com a família real atravessou o Terreiro do Paço, onde foi atingida por disparos vindos da multidão que se juntara para saudar o rei. D. Carlos I, que morreu imediatamente, após ter sido alvejado. O herdeiro D. Luís Filipe foi ferido mortalmente e o infante D. Manuel ferido num braço. Os assassinos foram mortos no local por membros da guarda real e reconhecidos posteriormente como membros do movimento republicano.
NASCIMENTO: 28 de setembro de 1863 - Lisboa, Portugal.
MORTE: 1 de fevereiro de 1908 - Lisboa, Portugal.
CAUSA DA MORTE: Assassinado (2 tiros).
OBS: Dos dados obtidos no exame do cadáver, foi constatado que o Rei Carlos faleceu em decorrência de ferimentos com arma de foto. Foram dois projéteis que o feriram: ambos penetraram pelas costas, O Primeiro tiro foi na transição da nuca para o tórax, que fraturou a coluna vertebral e lesou a medula, perfurando os tecidos moles do pescoço e saiu pela região supra hioideia média e o segundo tiro penetrou na cavidade do tórax e deteve-se no pulmão direito, ficando alojada na referida cavidade. O corpo do rei foi embalsamado.

Nenhum comentário: