Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE GOULART DE ANDRADE


NOME: Luís Filipe Goulart de Andrade (83 anos) 
QUEM FOI: Apresentador de televisão e jornalista brasileiro. Tinha 61 anos de carreira, foi jornalista, publicitário, radialista, ator, diretor, diretor de cinema e TV e empresário do setor de comunicação. Na TV Globo, atuou no "Plantão da Madrugada", que estreou em 1° de maio de 1982 e, em junho do mesmo ano, passou a se chamar "Comando da Madrugada". Goulart de Andrade estreou na Globo nos anos 1970, trabalhando no São Paulo Especial e no Globo Shell Especial. A partir de 1983, o Comando da Madrugada deixou de fazer parte da programação da Rede Globo e passou a ser exibido – sempre com o mesmo formato e, às vezes, com nomes diferentes – em várias outras emissoras. Também atuou no "Fantástico", de 1973 a 1976, e no "São Paulo Especial". Seu último trabalho foi na TV Gazeta como apresentador do programa "Vem Comigo”, onde atuava com alunos da Fundação Cásper Líbero. 
NASCIMENTO: 6 de abril de 1933 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 23 de agosto de 2016 -São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Complicações no sistema cardiorrespiratório. 
OBS: Goulart faleceu no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo. Ele tinha problemas no sistema cardiorrespiratório. Deixa a mulher, Margareth Bianchini, com quem esteve casado por 13 anos. Ele tinha três filhos, três netos e uma bisneta.

MORTE DE DEDAN KIMATHI


NOME: Kimathi wa Waciuri (36 anos) 
QUEM FOI: Líder do Mau Mau, que liderou uma luta militar armada conhecida como a revolta Mau Mau contra o governo colonial britânico no Quênia em 1950. Sua história é narrada de duas formas: os britânicos o tratam como terrorista e os quenianos nacionalistas como herói da Revolta Mau Mau. Seu pai era polígamo e tinha 3 esposas, mas ele morreu antes de Kimathi nasceu. Kimathi foi criado por sua mãe, Waibuthi. Ele tinha 2 irmãos, Wambararia e Wagura, e 2 irmãs. Na idade de quinze anos, ele entrou para a escola primária local, Karuna-ini, onde aperfeiçoou seu Inglês. A Revolta Mau Mau foi um conflito militar que teve lugar no Quênia britânico entre 1952 e 1960. Envolveu grupos locais chamado Mau Mau, os colonos brancos, e o exército britânico. Era a luta pela independência do Quênia. 
NASCIMENTO: 31 de outubro de 1920 - Quênia. 
MORTE: 18 de fevereiro 1957 - Nairobi, Quénia 
CAUSA DA MORTE: Enforcado (executado). 
OBS: Em 21 de outubro de 1956, quatro anos depois do início da Revolta Mau Mau, Kimathi foi capturado e preso na floresta Nyeri. Sua captura marcou o fim da Revolta. Ele foi ao tribunal e o juri era todo composto de negros quenianos. Kimathi foi condenado à morte enquanto estava hospitalizado. Foi detido na Prisão de Segurança Máxima de Kamiti e executado.

MORTE DE CHRISTIAN DIOR


NOME: Christian Dior (52 anos) 
QUEM FOI: Estilista francês. É o fundador da empresa de vestuário Christian Dior S.A., uma das mais famosas da moda mundial. Filho de um comerciante de fertilizantes da região do Canal da Mancha, desejou ser artista plástico, mas foi enviado para Paris a fim de estudar Relações Internacionais, uma vez que o seu pai queria que o filho seguisse a carreira diplomática. Ainda jovem começou a frequentar ateliês de pintura e de desenho, chegando mesmo a pintar alguns quadros. Mas foi a sua habilidade para desenhar roupas que lhe proporcionou uma carreira internacional. O seu círculo de amigos expandiu-se e conheceu um importante empresário da indústria têxtil, que lhe garantiu patrocínio para a produção de algumas peças. O investimento que foi bem sucedido: os seus traços e a visão que tinha do corpo feminino causaram fascínio e delírio e, em 1947 inaugurou a Mansão Dior de que o mundo pós-guerra necessitava. Além de causar fascínio pela sua elegância e luxo, o conceito do New Look vinha carregado de extravagância e exagero: vestidos tradicionalmente feitos com 5 metros de tecido, agora usavam até 40 metros. Isso também ajudou a repercussão do conceito permitindo encerrar a mentalidade do racionamento no pós-guerra. Durante a guerra, Dior vestia desde as esposas dos generais do império Nazista às mulheres francesas. 
NASCIMENTO: 21 de janeiro de 1905 - Granville, França. 
MORTE: 24 de outubro de 1957 - Montecatini Val di Cecina, Itália. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: Ao longo de sua carreira fez a própria tradução física dos sonhos e da fantasia humana através de seus vestidos. Morreu durante suas férias em Montecatini Val di Cecina, Itália, vítima de um ataque cardíaco.

MORTE DE YVES SAINT LAURENT


NOME: Yves Henri Donat Mathieu-Saint Laurent (71 anos) 
QUEM FOI: Estilista argelino e um dos nomes mais significativos da alta-costura do século XX. Nascido na Argélia, então possessão francesa, St. Laurent era filho do presidente de uma companhia de seguros e seu gosto pela moda lhe foi despertado pela mãe. Aos 17 anos, deixou a casa dos pais para trabalhar com o estilista Christian Dior, de quem herdou o controle criativo da casa Dior após a morte de seu mentor em 1957, com apenas 21 anos de idade, e assumiu o desafio de salvar o negócio da ruína financeira. Pouco depois de conseguir sucesso no objetivo, St. Laurent foi convocado para o exército francês, durante a Guerra de Independência da Argélia. Após 20 dias, o estresse de ser maltratado e ridicularizado pelos colegas soldados levaram-no a ser internado num hospital mental francês,onde ele foi submetido a tratamento psiquiátrico, incluindo terapia por eletrochoques, devido a um esgotamento nervoso. 
NASCIMENTO: 1 de Agosto de 1936 - Oran, Argélia. 
MORTE: 1 de Junho de 2008 - Paris, Paris. 
CAUSA DA MORTE: Câncer cerebral. 
OBS: Voltando à vida civil, em 1962 St. Laurent saiu da Dior e fundou sua própria marca, YSL, financiado por seu companheiro Pierre Bergé. O casal se separaria afetivamente em 1976 mas continuariam parceiros de negócios por mais de trinta anos. St. Laurent morreu em Paris, diagnosticado com câncer cerebral, às 23h10min de 1 de junho de 2008.

MORTE DE MATA HARI


NOME: Margaretha Gertruida Zelle (41 anos) 
QUEM FOI: Dançarina exótica dos Países Baixos. Foi acusada de espionagem e condenada à morte por fuzilamento, durante a Primeira Guerra Mundial. Em diferentes ocasiões sua vida foi alvo da curiosidade de biógrafos, romancistas e cineastas. Ao longo do tempo, Mata Hari transformou-se em uma espécie de símbolo da ousadia feminina. No início do século XX, depois de uma tentativa fracassada de se tornar professora, um casamento igualmente fracassado com Rudolf John MacLeod e de ter dois filhos, Norman-John MacLeod e Jeanne-Louise MacLeod, ela se mudou para Paris. Morou por algum tempo na ilha de Java, de onde tirou inspiração para seu pseudônimo. Ela posava como uma princesa javanesa e se tornou uma dançarina exótica. Seu pseudônimo Mata Hari quer dizer sol (mas literalmente "olho da manhã") em malaio e indonésio. Ela também foi uma cortesã que teve casos amorosos com vários militares e políticos. 
NASCIMENTO: 7 de agosto de 1876 - Leeuwarden, Países Baixos. 
MORTE: 15 de outubro de 1917 -Vincennes, França. 
CAUSA DA MORTE: Fuzilada (executada). 
OBS: Durante a guerra, Mata Hari dormiu com inúmeros oficiais, tanto franceses quanto alemães e se tornou um peão da intriga internacional, apesar dos historiadores nunca terem esclarecido com exatidão se ela fora realmente uma espiã, e se sim, quais eram as suas atividades como tal. Em 1917 ela foi a julgamento na França acusada de atuar como espiã e também como agente dupla para a Alemanha e França. Foi considerada culpada e no dia 15 de outubro do mesmo ano fuzilada. Existem vários rumores em torno de sua execução. Um dos mais fantasiosos diz que os soldados do pelotão de fuzilamento tiveram de ser vendados para não sucumbir a seu charme. Outra história cita que Mata Hari jogou um beijo aos seus executores antes que começassem a disparar. Uma terceira versão diz que ela não só jogou um beijo, mas também abriu a túnica que vestia e morreu expondo o corpo completamente nu.

MORTE DE LARRY WAYNE CHAFFIN


NOME: Larry Wayne Chaffin (39 anos) 
QUEM FOI: Soldado norte-americano que ficou famoso pela sua fotografia feita por Horst Faas, onde aparecia escrito em seu capacete: "A Guerra é o Inferno". Por muito anos, soube-se que este anônimo fez parte da 173 ª Brigada Aerotransportada Batalhão do Vietnã. Sua identidade manteve-se desconhecida até que se descobriu que tratava-se de Larry Wayne Chaffin, que serviu no Vietnã por exatamente um ano a partir de maio de 1965. Quando retornou para casa, Chaffin teve muitos problemas se reajustando à vida civil. Ele morreu em 1985, aos 39 anos, por complicações que surgiram a partir do diabetes, uma doença que pode ter sido contraída pela exposição ao agente laranja enquanto estava na guerra. 
NASCIMENTO: 24 de maio de 1946 - Estados Unidos. 
MORTE: 3 de dezembro de 1985 - Estados Unidos. 
CAUSA DA MORTE: Complicações da diabetes. 
OBS: Larry está sepultado no "Jefferson Barracks o cemitério nacional".

MORTE DE ADHEMAR FERREIRA


NOME: Adhemar Ferreira da Silva (73 anos) 
QUEM FOI: Atleta brasileiro, primeiro bicampeão olímpico do país. Conquistou as medalhas de ouro no salto triplo nos Jogos de Helsinque 1952 e de Melbourne 1956, sendo até hoje o único atleta brasileiro bi-campeão olímpico de forma consecutiva em provas individuais. De 1951 a 1955, bateu o recorde mundial do salto tripo por 6 vezes, sendo 4 vezes no mesmo dia. Em 2012, foi imortalizado no Hall da Fama do atletismo. Ele é o único brasileiro a representar o país no salão da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), criado como parte das celebrações pelo centenário da instituição. 
NASCIMENTO: 29 de setembro de 1927 - São Paulo, Brasil. 
MORTE: 12 de janeiro de 2001 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca. 
OBS: Um fato curioso, mas que mostra o caráter de Adhemar, aconteceu após os Jogos de Melbourne. O governo brasileiro ofereceu ao atleta uma casa como recompensa por suas conquistas e ele recusou. Caso aceitasse qualquer pagamento por seus feitos como atleta, ele seria impedido de competir novamente nos Jogos Olímpicos, que só aceitavam atletas amadores.

MORTE DE ZUZU ANGEL


NOME: Zuleika de Souza Netto (54 anos) 
QUEM FOI: Estilista brasileira, mãe do militante político Stuart Angel Jones e da jornalista Hildegard Angel. Personagem notória do Brasil da época da ditadura militar, ficou conhecida nacional e internacionalmente não apenas por seu trabalho inovador como estilista de moda mas também por sua procura pelo filho, militante, assassinado pelo governo e transformado em desaparecido político, em que enfrentou as autoridades da época e levou sua busca a se tornar conhecida no exterior. Em 2014, a Comissão Nacional da Verdade recebeu de Cláudio Antônio Guerra, ex-agente da repressão que operou como delegado do Departamento de Ordem Política e Social do Espírito Santo (DOPS – ES), a confirmação da participação dos agentes da repressão na morte de Angel. Na virada dos anos 60 para os anos 70, Stuart Jones, filho de Zuzu e então estudante de economia, passou a integrar as organizações que combatiam a ditadura militar no Brasil, instaurada em 1964, filiando-se ao MR-8, grupo guerrilheiro de ideologia socialista do Rio de Janeiro. Preso em 14 de abril de 1971, Stuart foi torturado e morto pelo Centro de Informações da Aeronáutica (CISA) no aeroporto do Galeão e dado como desaparecido pelas autoridades. 
NASCIMENTO: 5 de junho de 1921 - Curvelo, MG, Brasil. 
MORTE: 14 de abril de 1976 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Acidente de carro. 
OBS: A busca de Zuzu pelas explicações, pelos culpados e pelo corpo do filho só terminou com sua morte, ocorrida na madrugada de 14 de abril de 1976, num acidente de carro na Estrada da Gávea, à saída do Túnel Dois Irmãos (Estrada Lagoa-Barra), Rio de Janeiro, hoje batizado com seu nome. O carro dirigido por ela, um Karmann Ghia TC, derrapou na saída do túnel e saiu da pista, chocou-se contra a mureta de proteção, capotando e caindo na estrada abaixo, matando-a instantaneamente. Está sepultada no Cemitério de São João Batista, no Rio de Janeiro. Uma semana antes do acidente, Zuzu deixara na casa de Chico Buarque de Hollanda um documento que deveria ser publicado caso algo lhe acontecesse, em que escreveu:. "Se eu aparecer morta, por acidente ou outro meio, terá sido obra dos assassinos do meu amado filho".

MORTE DE ELKE MARAVILHA


NOME: Elke Georgievna Grunnupp (71 anos) 
QUEM FOI: Manequim, modelo, jurada, apresentadora e atriz russa naturalizada brasileira. Filha de um russo e de uma alemã, Elke nasceu na antiga Leningrado, hoje São Petersburgo. Seus pais resolveram imigrar para o Brasil, um país visto como promissor e bom acolhedor de estrangeiros, onde havia muitas colônias de imigrantes. O casal junto com seus três filhos, instalaram-se em Itabira, no interior de Minas Gerais, em um sítio, onde Elke e seus dois irmãos, passaram toda a sua infância, convivendo com todo tipo de animais rurais, realmente vivendo como uma camponesa. Chamando atenção por ser bastante alta e loira natural, não pensava em seguir carreira artística, já que dava aulas de língua estrangeira há alguns anos, e gostava do que fazia. Apesar disto, foi convencida por muitas pessoas, pois era considerada de uma beleza exótica para os padrões do Brasil. Aceitou os convites que vieram e começou a sua carreira de modelo e manequim aos 24 anos de idade, com Guilherme Guimarães, tendo trabalhado para grandes estilistas, considerada como inovadora nas passarelas. Seu nome artístico foi dado pelo jornalista Daniel Más e lançado no ar por Chacrinha, com quem ela trabalhou durante 14 anos. Nos desfiles conheceu a estilista Zuzu Angel e ficaram amigas. No filme Zuzu Angel que estreou em 2006, Elke foi interpretada por Luana Piovani. Ela ainda aparece em participação especial cantando num cabaré a música alemã 'Lili Marlene', da cantora e atriz Marlene Dietrich. O filme aborda a amizade de Elke com Zuzu, e conta o episódio de sua rápida prisão por desacato durante o regime militar brasileiro, fato que fez Elke perder sua nacionalidade brasileira. Elke Maravilha tornou-se popular na TV brasileira nos anos 70 e 80, aparecendo como jurada de programas de calouros cantores do Chacrinha e de Silvio Santos. Nesses programas sempre usava perucas e roupas chamativas e buscava passar mensagens positivas para os espectadores. 
NASCIMENTO: 22 de fevereiro de 1945 - Leningrado, Rússia. 
MORTE: 16 de agosto de 2016 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Falência múltipla dos órgãos (após cirúrgica para tratar de uma úlcera)
OBS: Elke estava internada na Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeiras, na Zona Sul, desde o dia 20 de junho. Ela foi operada de uma úlcera e ficou em coma induzido, chegou a sair do coma mas teve complicações pós-cirúrgica para tratar de uma úlcera e faleceu de falência múltipla dos órgãos. A atriz morreu por volta de 1h.

MORTE DE OLNEY SÃO PAULO


NOME: Olney Alberto São Paulo (42 anos) 
QUEM FOI: Cineasta brasileiro. Casado com a também cineasta Maria Augusta, era pai dos atores Ilya e Irving, do poeta e músico Olney São Paulo Junior e de Maria Pilar. A paixão pelo cinema nasceu com a chegada a Feira de Santana da equipe do diretor Alex Viany, em(1954), para filmar o episódio “Ana” do filme “Rosa dos Ventos”. Em 1955, é redator do jornal "O Coruja". Sob o pseudônimo de Conde D'Evey escreve sátiras e críticas ao colunismo social de Feira de Santana, na coluna Causerie, para desgosto da burguesia local. Escreve também sobre literatura e artes. Também cria e dirige o programa “Cinerama” na Rádio Cultura de Feira de Santana, onde comentava filmes em exibição e novidades da produção mundial. Leciona Contabilidade Pública e a Organização Técnica Comercial na Escola Técnica de Contabilidade da cidade. No mesmo ano, é aprovado no concurso do Banco do Brasil. No ano seguinte, leitores ofendidos forçam Olney a encerrar a coluna Causerie. O programa de rádio também chega ao fim. Começa a se interessar pela obra de Jorge Amado. Escreve-lhe algumas cartas, entre 1956 e 1957, pedindo informações sobre o andamento das filmagens de algumas de suas obras. Em 1958, Olney é baleado pelas costas pelo amigo Luiz Navarro. Ambos disputavam a jovem Maria Augusta. Navarro diz que foi acidental. O ferimento perfura seu pulmão esquerdo. 
NASCIMENTO: 7 de agosto de 1936 - Riachão do Jacuípe, BA, Brasil. 
MORTE: 15 de fevereiro de 1978 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de pulmão. 
OBS: Olney teve três paradas cardíacas antes da morte, sendo sepultado no outro dia no Cemitério São João Batista no Rio de Janeiro.

MORTE DE ANTERO DE OLIVEIRA


NOME: Antero de Oliveira (46 anos) 
QUEM FOI: Ator Brasileiro. Sua estreia se deu em 1967, no filme Cara a Cara, de Júlio Bressane. Na TV, seu primeiro trabalho foi em 1969, na novela Um Gosto Amargo de Festa, pela TV Tupi. Nesse mesmo chamou a atenção da crítica ao protagonizar o filme Matou a Família e foi ao Cinema, no papel do filho assassino. Na televisão, sua melhor participação foi na novela Bandeira 2, onde viveu Quincas, personagem da parte pobre da trama, contracenado com Anecy Rocha. Participou do programa Chico City, do comediante Chico Anysio, onde fez vários personagens. 
NASCIMENTO: 1931 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 1º de maio de 1977 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer não especificado. 
OBS: Antero de Oliveira faleceu vitimado pelo câncer, após ficar cerca de um mês internado.

MORTE DE MANOEL DA NÓBREGA


NOME: Manuel Soares de Nóbrega (63 anos) 
QUEM FOI: Radialista, empresário, jornalista, ator, escritor, humorista, compositor e político brasileiro. Estudava Economia quando resolveu começar sua carreira artística no rádio, em 1931, ainda no Rio de Janeiro. Quando viajou para São Paulo no início da década de 1940 foi direto para o rádio e trabalhou em emissoras como Cultura, Nacional, Tupi e Piratininga. Na TV estreou na década de 1950 tendo passado pela antiga TV Paulista, depois Rede Globo e pela Rede Record. Foi também jornalista e deputado estadual por São Paulo. Sua importância para o humor de rádio e de TV foi muito grande e criou programas como "Cadeira de Barbeiro", "Programa Manuel de Nóbrega" e A Praça da Alegria. No cinema atuou como Dom João VI no filme Independência ou Morte de 1972. Em 22 de dezembro de 1975, Silvio Santos e Manuel de Nóbrega (já muito magro e enfraquecido por um câncer) foram a Brasília assinar o documento que daria ao animador e empresário a concessão da estação, o canal 11. 
NASCIMENTO: 18 de fevereiro de 1913 - Niterói, RJ, Brasil. 
MORTE: 17 de março de 1976 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de pâncreas. 
OBS: Com sua morte, quem assumiu o comando do programa foi seu filho Carlos Alberto de Nóbrega no SBT, com o título de A Praça é Nossa.

MORTE DE VIANINHA


NOME: Oduvaldo Vianna Filho (38 anos) 
QUEM FOI: Dramaturgo, ator e diretor de teatro e televisão brasileiro. Filho de Oduvaldo Viana que também marcou época no teatro brasileiro, Vianinha estreou no teatro em 1955, como ator, na peça "Rua da igreja", com o grupo do Teatro Paulista do Estudante. Com espírito polêmico e sempre muito combativo, Vianna fez parte do Teatro de Arena e estreou como autor em 1959, ao escrever "Chapetuba Futebol Clube". Participou como ator do filme Cinco Vezes Favela de 1962 (Segmento: Escola de Samba, Alegria de Viver). Em 1973, juntamente com Armando Costa, criou e dirigiu na Rede Globo de Televisão uma das séries humorísticas de muito sucesso, que voltaria a ser apresentada na mesma emissora: A Grande Família. 
NASCIMENTO: 4 de julho de 1936 - São Paulo, Brasil. 
MORTE: 6 de julho de 1974 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de pulmão. 
OBS: Suas peças "A Mão na luva", "Allegro desbum" e "Rasga coração" ganharam diversas montagens no Brasil. Uma muito elogiada pela crítica é a última, "Rasga coração", que ele terminou de escrever poucos dias antes de falecer, vitimado por um câncer pulmonar, com apenas 38 anos.

MORTE DE OTELLO ZELONI


NOME: Otello Zeloni (52 anos) 
QUEM FOI: Ator ítalo-brasileiro. Aos vinte anos, foi convocado para a II Guerra Mundial pela Regia Aeronautica (Força Aérea Italiana) como piloto-aviador e após anos de guerra e dois acidentes, conseguiu fugir do front, em 1943, na garupa de um motociclista. Vindo para a América do Sul, começou a negociar filmes italianos, conhecendo assim pessoas da área do cinema na Argentina e posteriormente no Brasil, onde se radicou em meados de 1947. Iniciou como radioator (sempre com forte sotaque italiano), mas foi no Teatro de Revista que começou com cenas cômicas, nas companhias de Teatro como Walter Pinto e Carlos Machado. Atuou em dezenas de filmes e peças de teatro, como Os Ossos do Barão. Na televisão, atuou em programas como "Família Trapo" (1967 a 1971), Dom Camilo e os Cabeludos, Zeloni Forno e Fogão, primeiro programa de culinária protagonizado por um homem e onde fazia comerciais ao vivo. 
NASCIMENTO: 26 de novembro de 1921 - Roma, Itália. 
MORTE: 29 de dezembro de 1973 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Tumor cerebral. 
OBS: Estava participando da telenovela O Conde Zebra, na TV Tupi, quando morreu vitimado por um tumor cerebral.

MORTE DE FÉLIX FAURE


NOME: Félix François Faure (59 anos) 
QUEM FOI: Presidente da França de 1895 até sua morte. Em 1895, concedeu anistia aos movimentos anarquistas, possibilitando o retorno do exílio na Inglaterra de vários anarquistas famosos, como Émile Pouget . 
NASCIMENTO: 30 de janeiro de 1841 - Paris, França. 
MORTE: 16 de fevereiro de 1899 - Paris, França. 
CAUSA DA MORTE: Acidente vascular cerebral (enquanto fazia sexo). 
OBS: Ele morreu aos 58 anos de idade, repentinamente, enquanto fazia sexo com Marguerite Steinheil (sua amante de 30 anos de idade), no Palácio do Eliseu (residência oficial do presidente). Félix, no momento do ato sexual, sofreu um ataque de apoplexia (hoje chamamos de AVC) e morreu. Dizem, que Marguerite ficou tão apavorada e aterrorizada que contraiu a vagina de tal forma que só pode retirar "o morto" de dentro, com ajuda médica. Essa história não é confirmada, mas de fato, segundos antes da morte, ele sofreu uma convulsão que terminou morrendo, apertando muito forte a moça e terminou falecendo totalmente agarrado a ela. Marguerite Steinheil foi amante de muitos políticos famosos.

MORTE DE IVO PITANGUY


NOME: Ivo Hélcio Jardim de Campos Pitanguy (93 anos) 
QUEM FOI: Cirurgião plástico, professor e escritor brasileiro, membro da Academia Nacional de Medicina e da Academia Brasileira de Letras. É considerado o maior cirurgião plástico do mundo. Organizou e ministrou inúmeros cursos de Cirurgia Plástica no Brasil e no exterior, destacando-se o 1º Curso de Extensão Universitária em Cirurgia Plástica, da então Universidade do Brasil, ministrado no anfiteatro da Clínica Ivo Pitanguy, unindo a iniciativa privada ao ensino público. Organizou o 1º Curso de Cirurgia da Mão, o 1º Curso de Cirurgia Plástica da Academia Nacional de Medicina; os Cursos da Universidade Camplutense de Madrid; o Curso de Cirurgia Plástica do XXIII World Congress of the International College of Surgeons, Universidade de Harvard e Universidade de Paris, entre outros. 
NASCIMENTO: 5 de julho de 1923 – Belo Horizonte, BH, Brasil. 
MORTE: 6 de agosto de 2016 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca. 
OBS: Ivo Pitanguy morreu após sofrer uma parada cardíaca em casa. Sua última aparição pública foi no dia anterior à sua morte, carregando a chama olímpica dos Jogos Olímpicos do Rio. Ivo foi cremado.

MORTE DE VANDER LEE


NOME: Vanderli Catarina (50 anos) 
QUEM FOI: Cantor e compositor brasileiro. Nascido no estado de Minas Gerais, Vander Lee começou sua carreira em bares locais em meados da década de 1980. Gravou sua primeira fita demo (com 4 músicas) em 1986, e em 1987 já fazia shows com seu próprio repertório. Suas canções variam desde o romântico, passando pelo samba até a balada e rock mineiro. Em suas letras, fala de acontecimentos da vida cotidiana, e sempre com um lado romântico, fala de amor. Já gravou com grandes nome da MPB, como Zeca Baleiro, Elza Soares, Rita Ribeiro, Emilinha Borba, Leila Pinheiro e Nando Reis. Compôs a música "Estrela" que foi gravada pela cantora Maria Bethânia. Teve ainda a canção "Onde Deus possa me ouvir" gravada por Gal Costa. 
NASCIMENTO: 3 de março de 1966 - Belo Horizonte, Brasil. 
MORTE: 5 de Agosto de 2016 - Belo Horizonte, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: Vander Lee passou mal e sofreu um infarto quando fazia hidromassagem, na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, na tarde de ontem. Vander Lee foi internado no hospital Madre Tereza, na capital mineira e durante a noite chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu.
É novo... é rico... é didático... EXPERIMENTE:

https://www.facebook.com/capsulahistorica/

MORTE DE STAN FOX


NOME: Stanley Cox Fox (48 anos) 
QUEM FOI: Automobilista norte-americano. Disputou apenas uma temporada completa da extinta Fórmula Indy, em 1984. Entre 1987 e 1995, correu apenas as 500 Milhas de Indianápolis. Fox, que era formado em marketing, iniciou a carreira pilotando midgets, ganhando o Campeonato Nacional da modalidade em 1979, e venceria a divisão de Belleville Nationals no mesmo ano e em 1980. Foi pilotando este tipo de carro que alcançou seus melhores momentos como automobilista, tendo vencido inclusive a Copper World Midget, uma das divisões de midgets mais importantes dos EUA, por três vezes. Em 23 temporadas, foram 19 vitórias - número considerado expressivo, uma vez que boa parte dos principais pilotos da Indy e da NASCAR começaram a correr em midgets. Em 1984, Fox disputou sua primeira - e única - temporada completa na antiga Fórmula Indy (que não deve ser confundida com a atual IndyCar Series, resultante da unificação entre IRL e CART, em 2008) pela equipe Pabst, não se classificando para sete das doze corridas que disputou. A partir daí, decidiu não correr as demais provas, com exceção das 500 Milhas de Indianápolis, tentando se classificar pela primeira vez ainda em 1984, mas problemas em seu March causaram um acidente e Fox não conseguiu a vaga, assim como outros 23 pilotos. Após essa experiência, voltou a disputar campeonatos de midgets até 1986. 
NASCIMENTO: 7 de julho de 1952 - Janesville, EUA. 
MORTE: 18 de dezembro de 2000 - Waiouru, Nova Zelândia. 
CAUSA DA MORTE: Acidente de carro (carro de passeio). 
OBS: Em 18 de dezembro de 2000, Stan Fox sofreu um acidente na cidade de Waiouru, cidade localizada a 320 quilômetros ao sul de Auckland, na Nova Zelândia. Em uma rodovia, seu furgão bateu com um outro carro, e Fox seria declarado oficialmente morto no dia seguinte, aos 48 anos de idade. Supostamente, o acidente teria sido motivado por uma crise convulsiva do ex-piloto, que passaria a sofrer com o problema após o acidente na Indy 500 de 1995.

MORTE DE BUSTER CRABBE


NOME: Clarence Linden Crabbe II (75 anos) 
QUEM FOI: Ator e nadador norte-americano (Buster Crabbe era seu nome artístico). Foi um dos maiores ídolos da natação norte-americana, medalha de ouro dos 400 metros nado livre nas Olimpíadas de Los Angeles em 1932. Ele também acumulou 16 recordes mundiais e 35 recordes em competições nos Estados Unidos da América. Como Johnny Weissmuller, foi através do esporte e da natação que ele chegou ao cinema, contratado pela Paramount em 1933 para viver Tarzan na fita Tarzan, o Destemido (Tarzan the Fearless). O grande sucesso veio logo depois ao estrelar o seriado "Flash Gordon" e mais tarde o explorador Buck Rogers, ambos pela Universal Pictures. Ao abandonar o cinema se tornou um empresário bem sucedido e escreveu um livro sobre saúde corporal, destinado a atletas. Em 1979, participou do segundo episódio da série de televisão Buck Rogers in the 25th Century, onde interpretou o "Brigadeiro Gordon". 
NASCIMENTO: 17 de fevereiro de 1907 - Oakland, EUA. 
MORTE: 23 de abril de 1983 Scottsdale, Arizona, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: Buster Crabbe faleceu de um ataque cardíaco depois de tropeçar em um cesto de lixo em sua casa no Arizona. Foi sepultado no Green Acres Memorial Park, em Scottsdale.

MORTE DE EDWIN HUBBLE


NOME: Edwin Powell Hubble (63 anos) 
QUEM FOI: Astrônomo estadunidense. Famoso por ter descoberto que as até então chamadas nebulosas eram na verdade galáxias fora da Via Láctea, e que estas afastam-se umas das outras a uma velocidade proporcional à distância que as separa. Seu nome foi dado ao primeiro telescópio espacial, posto em órbita em 1990, para estudar o espaço sem as distorções causadas pela atmosfera. Hubble seria homenageado em 1990, quando um telescópio espacial foi batizado com seu sobrenome. Após apresentar problemas relativos à qualidade das imagens, foi consertado por astronautas. Por situar-se fora da atmosfera da Terra, que distorce e enfraquece as imagens do Universo, tem sido utilizado na coleta de dados sobre objetos muito distantes. 
NASCIMENTO: 20 de novembro de 1889 - Marshfield, EUA. 
MORTE: 28 de setembro de 1953 - San Marino, CA, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Trombose cerebral. 
OBS: Hubble faleceu antes de completar 64 anos, vitima de uma trombose cerebral que o matou instantaneamente e sem dor, como garantiu o antigo médico da família à sua esposa, Grace Hubble. Ela recusou-se a fazer um funeral e a dar satisfações com que havia feito com o corpo de seu marido. Alguns fanáticos acham simplesmente que Hubble "voltou para casa".

MORTE DE ELIAKIM ARAÚJO


NOME: Eliakim Araújo Pereira Filho (75 anos) 
QUEM FOI: Jornalista brasileiro. ingressou no jornalismo aos 20 anos pelo rádio quando ainda era estudante de direito. Foi na Rádio Continental que anunciou a renúncia de Jânio Quadros à presidência, em 1961. Passou então quase duas décadas na Rádio Jornal do Brasil. Começou na televisão em 1983, quando se uniu à equipe de jornalismo da Rede Globo. Na emissora, ele conheceu a mulher, a também jornalista Leila Cordeiro. Eliakim assumiu a bancada do Jornal da Globo em 1983. Em 1986, os dois passaram a apresentar juntos o telejornal, formando o primeiro casal de apresentadores da televisão brasileira. Na Globo, Eliakim também fez reportagens, apresentou o programa Globo Repórter, comandou a cobertura dos desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro e cobriu a eleição de Tancredo Neves. 
NASCIMENTO: 28 de abril de 1941 - Guaxupé, MG, Brasil. 
MORTE: 17 de julho de 2016 - Fort Lauderdale, Flórida, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de pâncreas. 
OBS: Em 2016, Eliakim foi diagnosticado com um câncer no pâncreas, e foi internado num hospital de Fort Lauderdale, onde residia, para tratar a doença com quimioterapia. No entanto, após um mês do diagnóstico, Eliakim morreu após complicações da doença.

MORTE DE MIKHAIL TUKHACHEVSKY


NOME: Mikhail Nikolayevich Tukhachevsky (44 anos) 
QUEM FOI: Comandante militar soviético e chefe do Exército Vermelho. Foi um dos vários comandantes do Exército Vermelho acusado de colaborar com os nazistas durante o Grande Expurgo, sendo condenado e executado pelos Processos de Moscou. Conhecido por Misha , foi estudande brilhante e falava 4 idiomas, em 1911 ingressou no Corpo de Cadetes de Catarina II, de Moscou. Em 1914 participou da Primeira Guerra Mundial com o Regimento da Guarda Semenovsky. Em 1915 foi ferido e feito prisioneiro permanecendo em campo de concentração, onde empreendeu numerosas tentativas de fuga. Curiosamente neste mesmo campo esteve preso Charles de Gaulle. Na verdade investigações posteriores determinaram que Stalin queria eliminar o maior número de rivais em potencial, principalmente do alto escalão do Exército. Para isto valeu-se surpreendentemente de um relatório elaborado por Reinhard Heydrich, chefe do Serviço de Segurança Nazista. Heydrich viu nisto uma oportunidade de eliminar o alto escalão soviético. Esta colaboração começou em 1922, ano em que se assinou o termo de cooperação militar. Oficiais alemães e soviéticos realizavam intercâmbios para estudar no outro país. Tukhachevsky foi um destes que participaram dos intercâmbios. Tukhachevsky foi condenado e executado. 
NASCIMENTO: 16 de fevereiro de 1893 - Slednevo, Rússia.
MORTE: 12 de junho de 1937 - Moscou, Rússia,
CAUSA DA MORTE: Executado a tiros.  
OBS: Após um julgamento secreto, conhecido como Processo de trotskista anti-soviética Organização Militar, Tukhachevsky e mais oito outros comandantes militares foram condenados em 12 de junho de 1937 e imediatamente executado.

MORTE DE BART BOK


NOME: Bartolomeus Jan Bok (77 anos) 
QUEM FOI: Astrônomo neerlandês-norte-americano. De 1929 a 1957 trabalhou na Universidade de Harvard. Também trabalhou como director do Observatório de Monte Stromlo na Austrália durante nove anos, antes de regressar aos Estados Unidos como director do Observatório Steward (1966-1970). Converteu-se em cidadão dos Estados Unidos em 1938. Durante os anos 1940 ajudou na construção do Observatório Nacional do México em Tonantzintla e nos anos 1950 ajudou na construção do Observatório Boyden (dependente do Observatório do Harvard College) na África do Sul. Na Austrália, participou na construção do Observatório Siding Spring. 
NASCIMENTO: 28 de abril de 1906 - Hoorn, Holanda. 
MORTE: 5 de agosto de 1983 - Tucson, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Infarto do miocárdio. 
OBS: O asteroide 1983 Bok foi nomeado assim como reconhecimento a ele e a sua esposa (que também era astrônoma). Bart faleceu em casa.

MORTE DE MORITZ SCHLICK


NOME: Moritz Schlick (57 anos)
QUEM FOI: Físico, filósofo e o fundador do positivismo lógico e o Círculo de Viena (um grupo de filósofos e cientistas adeptos da s ciências sociais, da lógica e da matemática que se reuniu regularmente 1924-1936 na Universidade de Viena). Estudou física em Heidelberg, Lausana e na Universidade de Berlim com Max Planck. Em 1904 completou sua tese "sobre a reflexão da luz num meio não-homogêneo". Em 1908 publicou "a sabedoria da vida", um volume curto sobre eudaemonismo, a teoria de que a felicidade é o objetivo ético mais elevado. A sua tese de habilitação, "a natureza da verdade de acordo com a lógica moderna", foi publicada em 1910. Vários ensaios sobre estética seguiram-se, nos quais Schlick virou a sua atenção para problemas da epistemologia, a filosofia da ciência, e questões gerais sobre a ciência. 
NASCIMENTO: 14 de Abril de 1882 - Berlim, Alemanha. 
MORTE: 22 de Junho de 1936 - Viena, Áustria. 
CAUSA DA MORTE: Assassinado com 4 tiros
OBS: Schlick estava atrasado para a sua aula de filosofia do mundo natural na Universidade de Viena. Enquanto ele se dirigia apressado para sua sala, um ex-aluno de doutorado chamado Johann Nelböck, esperava-o na escada. Nelböck já estivera por duas vezes sob custódia psiquiátrica por ameaçar Schlick e recebera o diagnóstico de esquizofrenia paranóide. Às 9:15h quando Schlick chegou ao patamar da escada que dava para as salas de filosofia, Nelböck sacou de uma pistola automática e atirou quatro vezes, à queima-roupa. A quarta bala, que atingiu a perna de Schlick, foi supérflua: a terceira havia perfurado o cólon e o estômago, e as duas primeiras acertaram o coração. O professor, dr. Moritz Schlick, morreu instantaneamente. Hoje, uma inscrição em bronze marca o lugar do assassinato. O estudante foi julgado e sentenciado mas tornou-se um herói para os sentimentos racistas em crescimento na cidade, tendo sido retratado como o "ariano heróico" que se levantou contra a "filosofia Judia sem alma" do Círculo (Schlick não era de ascendência judaica). Numa grotesca manipulação da justiça, o estudante obteve a liberdade condicional pouco depois e viria a tornar-se um membro do partido Nazi austríaco após o Anschluss (anexação da Áustria pela Alemanha Nazi a 12 de Março de 1938).

MORTE DE VYGOTSKY


NOME: Lev Semenovitch Vygotsky (37 anos) 
QUEM FOI: Psicólogo Russo. Pensador importante em sua área e época, foi pioneiro no conceito de que o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais e condições de vida. Veio a ser descoberto pelos meios acadêmicos ocidentais muitos anos após a sua morte. Para Vygotsky, o desenvolvimento mental da criança é um processo contínuo de aquisição de controle ativo sobre funções inicialmente passivas. 
NASCIMENTO: 17 de novembro de 1896 - Orsha, Império Russo. 
MORTE: 11 de junho de 1934 - Moscou, Rússia. 
CAUSA DA MORTE: Tuberculose. 
OBS: Um dos conceitos mais importantes é o de Zona de desenvolvimento proximal, que se relaciona com a diferença entre o que a criança consegue realizar sozinha e aquilo que, embora não consiga realizar sozinha, é capaz de aprender e fazer com a ajuda de uma pessoa mais experiente (adulto, criança mais velha ou com maior facilidade de aprendizado, etc.). A Zona de Desenvolvimento Proximal é, portanto, tudo o que a criança pode adquirir em termos intelectuais quando lhe é dado o suporte educacional devido. Este conceito será, posteriormente desenvolvido por Jerome Bruner, sendo hoje designado por etapa de desenvolvimento.

MORTE DE PARDINHO


NOME: Antonio Henrique de Lima (68 anos) 
QUEM FOI: Cantor brasileiro, famoso por ter formado, com Tião Carreiro, a dupla Tião Carreiro & Pardinho. Pardinho iniciou sua parceria com José Dias Nunes, o Tião Carreiro em 1956, ano em que venceu o torneio de música caipira da Rádio Tupi, com o sucesso ‘Cavaleiro do Bom Jesus’. Os músicos gravaram pela primeira vez o pagado (que não é o mesmo gênero derivado do samba carioca), que se popularizou pelo interior de São Paulo e Minas Gerais. A dupla Tão Carreiro e Pardinho foi homenageados pelo Presidente da República, Juscelino Kubitschek. 
NASCIMENTO: 14 de agosto de 1932 - São Carlos, SP, Brasil. 
MORTE: 2 de junho de 2001 - Sorocaba, SP, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada respiratória (estava em coma). 
OBS: Pardinho estava internado no Hospital Leonor Mender de Barros, em Sorocaba, com hipertensão e sofreu um derrame cerebral. Poucos dias depois, Pardinho entrou em coma, com morte cerebral decretada pelos médicos, e faleceu em consequência de uma parada respiratória.

MORTE DE HECTOR BABENCO


NOME: Héctor Eduardo Babenco (70 anos) 
QUEM FOI: Cineasta argentino naturalizado brasileiro de ascendência judaico-ucraniana. Foi diretor de filmes como Pixote, a Lei do Mais Fraco e Carandiru, além de O Beijo da Mulher-Aranha, pelo qual recebeu a indicação ao Oscar de melhor direção em 1986. 
NASCIMENTO: 7 de fevereiro de 1946 - Mar del Plata, Argentina. 
MORTE: 13 de julho de 2016 - São Paulo, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca. 
OBS: Hector faleceu após ser internado no dia anterior para tratar de uma sinusite no Hospital Sírio-Libanês, quando teve uma parada cardíaca.

MORTE TEODORA


NOME: Teodora (c.48 anos) 
QUEM FOI: Imperatriz bizantina que reinou juntamente com seu marido, também imperador, Justiniano I. era filha de Acácio, que cuidava dos ursos do Hipódromo em Constantinopla. Ao ficar órfã, aos 4 anos de idade, seguiu sua irmã na carreira teatral. Com 15 anos, já era uma conhecida dançarina e mímica, famosa por sua beleza e talento cômico. Em suas viagens pelo Egito, conheceu Timóteo, um monofisita (que acreditava que Jesus Cristo tinha uma natureza composta humana e divina) que influenciou em muito sua formação religiosa. Enquanto trabalhava como fiandeira de lã em Constantinopla, Teodora conheceu Justiniano I (483-565 d.C.), herdeiro do trono bizantino e 20 anos mais velho que ela. Justiniano se apaixonou por Teodora e, em 523, seu tio Justino I (452-527 d.C.), revogou a lei que proibia que senadores se casassem com mulheres do teatro, o que possibilitou o casamento dos dois. Quando o tio morreu, Justiniano subiu ao trono e fez de Teodora governante ao seu lado. 
NASCIMENTO: c.500 
MORTE: 28 de junho de 548 
CAUSA DA MORTE: Câncer de mama. 
OBS: Depois que Teodora morreu, Justiniano ficou tão abalado que poucas leis eficazes foram aprovadas nos 17 anos que se seguiram até sua morte.

MORTE DE NGUYEN KHÁNH


NOME: Nguyễn Khánh (86 anos) 
QUEM FOI: General e presidente vietnamita. Khanh assumiu a presidência do Vietnã do Sul em novembro de 1963, após dar um golpe de estado em Duong Van Minh, e foi deposto em fevereiro de 1965, sendo exilado para os Estados Unidos. 
NASCIMENTO: 8 de novembro de 1927 - Mỹ Tho, Vietnã. 
MORTE: 11 de janeiro de 2013 - San José, CA, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência renal e pneumonia.  
OBS: Nguyen faleceu em um hospital em San José, Califórnia, EUA.

MORTE DE NGO DINH DIEM


NOME: Ngô Đình Diệm Jean Baptiste (62 anos) 
QUEM FOI: Primeiro presidente do Vietnã do Sul após a independência e divisão do Vietnã, governando o país entre 1955 e 1963, quando foi deposto e executado. Os ancestrais de sua família foram convertidos ao catolicismo por missionários portugueses ainda no século XVII, o que lhe deu também o sobrenome católico de Jean Baptiste e seu pai, abrindo mão dos planos traçados pela família de que abraçasse a carreira eclesiástica, tornou-se um mandarim e conselheiro do Imperador da Indochina durante a colonização francesa, dando um status à família que fazia Diem apregoar ser descendente e integrante de uma nobreza real de sangue-azul. Com o crescimento dos protestos, agora também dos estudantes secundaristas – centenas enviados a “campos de reeducação” - e de integrantes de seu próprio governo, e a consequente repressão política, os Estados Unidos começaram a demonstrar seu descontentamento com a situação no Vietnam do Sul, através de seu embaixador Henry Cabot Lodge, que se recusava a comparecer a encontros com o presidente, seguindo ordens diretas da Casa Branca de Kennedy. 
NASCIMENTO: 3 de janeiro de 1901 - Hué, Vietnã. 
MORTE: 2 de novembro de 1963 - Saigon, Vietnã. 
CAUSA DA MORTE: Executado a tiros. 
OBS: Tendo notícias de que generais insatisfeitos preparavam um golpe de estado contra Ngô Đình Diệm, o governo norte-americano fez saber aos oficiais conspiradores que não interferiria em caso de ação. Em 1 de novembro de 1963, o oficialato do exército sul-vietnamita, comandado pelo general Dương Văn Minh, depôs o governo. Com o palácio presidencial cercado por tropas e defendido apenas pela guarda pessoal de Diem e de seu irmão Nhu, os oficiais ofereceram ao presidente uma saída honrosa em direção ao exílio, caso eles se rendessem. Diem e seus familiares porém, preferiram fugir por uma passagem secreta em direção a outro bairro da cidade, onde foram capturados no dia seguinte, 2 de novembro. Levados de volta como prisioneiros dentro de um carro de combate blindado ao quartel-general da junta de governo que se formava, os dois irmãos, entretanto, não chegaram lá vivos, executados a tiros dentro do próprio veículo por um capitão do exército.

MORTE DE JEAN RENOIR


NOME: Jean Renoir (84 anos) 
QUEM FOI: Cineasta, escritor, argumentista, encenador e ator francês. Foi o segundo filho do pintor impressionista Pierre-Auguste Renoir e de Aline Victorine Charigot. Criado entre as artes, Renoir cresceu envolvido pela sensibilidade artística em um apartamento cujas paredes eram abarrotadas de quadros do seu pai. Incompreendidos e subestimados no seu tempo, os seus filmes são hoje considerados entre as obra máximas da arte cinematográfica. Realizou nove filmes mudos e 27 falados. Suas maiores obras foram A grande ilusão de 1937, um sensível relato sobre as condições de vida dos prisioneiros franceses e seus captores alemães durante a I Guerra Mundial, e A regra do jogo de 1939. 
NASCIMENTO: 15 de setembro de 1894 - Paris, França. 
MORTE: 12 de fevereiro de 1979 - Beverly Hills, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência cardíaca. 
OBS: Seus filmes, a maioria pertencente à escola do realismo poético francês, marcaram profundamente o cinema francês entre 1930 e 1950, tendo aberto a porta à nouvelle vague (movimento artístico do cinema francês que se insere no movimento contestatório próprio dos anos sessenta).

MORTE DE VALENTINIANO III DE ROMA


NOME: Flavius Placidus Valentinianus Augustus (36 anos) 
QUEM FOI: Imperador romano do Ocidente que reinou entre 425 e 455, já na fase da decadência do império. Permaneceu na dependência de Teodósio II, imperador do Oriente. No seu reinado, perdeu a Bretanha e deixou os Vândalos instalaram-se no império, tal como os Hunos, pouco tendo feito de relevante, apesar de ter estado muitos anos no trono. Destes acontecimentos catastróficos aproveitaram-se os adversários de Flávio Aécio, que persuadiram Valentiniano III a desembaraçar-se dele. Aécio acabou assassinado por ordem do próprio imperador, em 454. Mas um ano depois depois, em 455, subitamente, dois soldados do corpo da guarda pretoriana às ordens de Aécio vingaram-se de Valentiniano III, assassinando-o. 
NASCIMENTO: 419 - Ravena, Itália. 
MORTE: 16 de março de 455 - perto de Roma, Itália. 
CAUSA DA MORTE: Assassinado a golpes de faca ou espada. 
OBS: Valentiniano ascendeu ao trono imperial em 23 de outubro de 425, quando tinha apenas seis anos. Inicialmente, sua mãe, Gala Placídia, exerceu as funções de regente, mas a partir de 433 o poder passou para as mãos do comandante-em-chefe Flávio Aécio. Valentiniano foi assassinado enquanto participava de um desfile militar.