EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE D. AFONSO VI DE PORTUGAL


NOME: Afonso? (40 anos)               
QUEM FOI: 2.º Rei de Portugal da Dinastia de Bragança. Subiu ao trono com apenas 13 anos, quando D. João IV morreu, mas as suas capacidades para reinar sempre deixaram dúvidas. “Aos 3 anos sofreu uma encefalite, uma espécie de AVC que o deixou parcialmente paralisado do lado direito. Além disso, ficou com perturbações graves de personalidade. Era intempestivo e não tolerava ser contrariado”. Também sofreu problema de disfunção sexual. O casamento com a mulher, D. Maria Francisca, nunca foi consumado e acabou dissolvido. Quinze amantes e várias concubinas testemunharam que tinha problemas de erecção e de ejaculação precoce. O pênis era disforme, mais fino na base, e os testículos tinham tamanhos diferentes. A partir da adolescência, o Rei começou a sofrer de outro problema: bulimia. Comia exageradamente e vomitava, passando grande parte do dia na cama. Acabou por ficar tão obeso que aos 24 anos já tinha dificuldade em se mexer.







NASCIMENTO: 21 de agosto de 1643 - Lisboa, Portugal. 








MORTE: 12 de setembro de 1683 - Sintra, Portugal.








CAUSA DA MORTE: Possível hemoptise aguda. 
OBS: D. Afonso passou os últimos anos de vida em reclusão, depois de ter sido destituído pelo irmão. A causa da sua morte é um enigma, mas alguns pesquisadores acreditam em Hemoptise aguda. Nos últimos momentos D. Afonso começou a gritar dizendo que queria ir à missa (uma atitude estranha, já que ele não tinha este hábito). O médico foi chamado e ele começou a gritar pedindo perdão a Deus pelos seus pecados. A presença de um padre confessor deixou o rei mais eufórico, que gritou para segurar a mão do padre. Depois de dada a absolvição pelos pecados, D. Afonso faleceu. Acreditam que a causa da morte foi devida a uma tuberculose pulmonar, que gerou a hemoptise aguda, a qual poderia desencadear, por asfixia, o quadro de agitação que antecedeu o óbito. Está sepultado no Panteão dos Bragança em Lisboa.

HEMOPTISE é qualquer hemorragia do aparelho respiratório e que se descarrega pela glote, acompanhada de tosse: a tuberculose pulmonar produz a hemoptise. As causas mais comuns de hemoptises são a bronquite aguda e crônica, pneumonia, tuberculose e câncer de pulmão.

Nenhum comentário: