EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE PADRE ANTÔNIO VIEIRA


NOME: Antônio Vieira Ravasco (89 anos) 
QUEM FOI: Religioso, escritor e orador português da Companhia de Jesus.Um dos mais influentes personagens do século XVII em termos de política e oratória, destacou-se como missionário em terras brasileiras. Nesta qualidade, defendeu infatigavelmente os direitos humanos dos povos indígenas combatendo a sua exploração e escravização e fazendo a sua evangelização. Antônio Vieira defendeu também os judeus, a abolição da distinção entre cristãos-novos (judeus convertidos, perseguidos à época pela Inquisição) e cristãos-velhos (os católicos tradicionais), e a abolição da escravatura. Criticou ainda severamente os sacerdotes da sua época e a própria Inquisição. Na literatura, seus sermões possuem considerável importância no barroco brasileiro e português. As universidades frequentemente exigem sua leitura.
NASCIMENTO: 6 de fevereiro de 1608 - Lisboa, Portugal.
MORTE: 18 de julho de 1697 - Salvador, BA, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Febre.
OBS: No fim da vida, Vieira estava com forte febre e com muitas dores. Passou as últimas noites de sua vida sem conseguir dormir e faleceu à 1h da madrugada.Foi sepultado na Igreja do Colégio dos Jesuítas. Em 1720 seu corpo foi exumado, e o que era para sem uma simples exumação, se tornou um fato curioso: a parte côncava do crânio de Vieira estava semeada de partículas semelhantes a metal, que reluziam ao contato com a luz solar.