EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE NANÁ VASCONCELOS


NOME: Juvenal de Holanda Vasconcelos (71 anos) 
QUEM FOI: Músico brasileiro. Apelidado de Naná pela avó, a música sempre foi a mola propulsora dele. No ano de 1960, Naná deixou o Recife e foi morar no Rio de Janeiro, onde gravou dois discos com Milton Nascimento. Com o cantor Geraldo Azevedo, viajou para São Paulo para participar do Quarteto Livro, que acompanhou Geraldo Vandré no icônico Festival da Canção. A obra de Naná foi propagada e respeitada dentro e fora do Brasil. Ele fez parte do grupo Jazz Codona, com o qual lançou três discos. Chegou a gravar com B.B King, com o violinista francês Jean-Luc Ponty e com a banda Talking Heads, liderada por David Byrne, um dos grupos precursores do movimento "new wave". Nacionalmente, ele participou de álbuns de Milton Nascimento, Caetano Veloso, Marisa Monte e Mundo Livre S/A. O pernambucano também fez trilhas sonoras para filmes nacionais e norte-americanos. Foi eleito oito vezes, por revistas especializadas em música nos Estados Unidos, como o melhor percussionista do mundo. 
NASCIMENTO: 2 de agosto de 1944 - Recife, PE, Brasil. 
MORTE: 9 de março de 2016 - Recife, PE, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardiorrespiratória (estava com câncer de pulmão). 
OBS: Naná ficou internado por dez dias no Hospital Unimed III, em Recife. De acordo com a assessoria do hospital, o músico teve uma parada respiratória e passou por um procedimento, mas não resistiu e faleceu às 7h39.

Nenhum comentário: