Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE CAMILO CASTELO BRANCO


NOME: Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco (65 anos) 
QUEM FOI: Escritor português, romancista, cronista, crítico, dramaturgo, historiador, poeta e tradutor. Foi ainda o 1.º Visconde de Correia Botelho, título concedido pelo rei D. Luís. Foi um dos escritores mais e marcantes da literatura portuguesa. Desde 1865 que Camilo começara a sofrer de graves problemas visuais (diplopia e cegueira noturna). Era um dos sintomas da temida neurosífilis, o estado terciário da sífilis, que além de outros problemas neurológicos lhe provocava uma cegueira, aflitivamente progressiva e crescente, que lhe ia atrofiando o nervo óptico, impedindo-o de ler e de trabalhar capazmente, mergulhando-o cada vez mais nas trevas e num desespero. 
NASCIMENTO: 16 de março de 1825 - Lisboa, Portugal. 
MORTE: 1 de junho de 1890 - São Miguel de Seide, Portugal. 
CAUSA DA MORTE: Suicídio (tiro na têmpora direita).  
OBS: Por volta das 15h do dia 1 de junho de 1890 Camilo Castelo Branco disparou um tiro de revólver na têmpora direita. Mesmo assim, sobreviveu em coma agonizante até às cinco da tarde e depois veio a óbito. Foi sepultado perpetuamente no jazigo de um amigo, João Antônio de Freitas Fortuna, no cemitério da Venerável Irmandade de Nossa Senhora da Lapa.

Nenhum comentário: