Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE D. GABRIEL DE BOURBON


NOME: Gabriel Antônio Francisco Xavier João Nepomuceno José Serafim Pascoal Salvador (35 anos) 
QUEM FOI: Infante da Espanha, filho de Carlos III. Recebem o título de "Infante" todos os filhos legítimos do rei ou rainha de Portugal ou Espanha que não são herdeiros da coroa. Gabriel era o mais inteligente e trabalhador dos filhos de Carlos III, homem de vastíssima cultura, notório como tradutor de Salústio e verdadeiro mecenas iluminista. Teve como professor de música o padre Antônio Soler, que compôs várias sonatas de cravo para seu avantajado discípulo e realizou concertos a duo com ele na Basílica de El Escorial. Em 1771, Gabriel encarregou Juan de Villanueva da construção da chamada Casita del Infante, erguida ao sul do Mosteiro e Sítio do Escorial. 
NASCIMENTO: 12 de maio de 1752 - Portici, Itália. 
MORTE: 23 de novembro de 1788 - San Lorenzo de El Escorial, Espanha. 
CAUSA DA MORTE: Varíola. 
OBS: Desposou a infanta D. Mariana Vitória Josefa de Bragança, por procuração em Lisboa, no dia 12 de abril de 1785, e pessoalmente em Aranjuez, no dia 23 de maio daquele ano. Eles tiveram três filhos: Pedro Carlos (1786-1812, Maria Carlota (4 de novembro-11 de novembro de 1787)e Carlos José Antônio (28 de outubro-9 de novembro de 1788).

Nenhum comentário: