EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE ANNE FRANK


NOME: Annelies Marie Frank (15 anos) 
QUEM FOI: Adolescente alemã de origem judaica, vítima do Holocausto, que morreu aos quinze anos de idade em um campo de concentração. Ela se tornou mundialmente famosa com a publicação póstuma de seu Diário, no qual escrevia as experiências do período em que sua família se escondeu da perseguição aos judeus dos Países Baixos. O conjunto de relatos, que recebeu o nome de Diário de Anne Frank, foi publicado pela primeira vez em 1947 e é considerado um dos livros mais importantes do século XX. Otto Frank, pai de Anne e único sobrevivente da família, retornou a Amsterdã depois da guerra e teve acesso ao diário da filha. Seus esforços levaram à publicação do material em 1947. O diário, que foi dado a Anne em seu aniversário de 13 anos, narra sua vida de 12 de junho de 1942 até 1 de agosto de 1944. É, atualmente, um dos livros mais traduzidos em todo o mundo. 
NASCIMENTO: 12 de junho de 1929 - Frankfurt am Main, Alemanha. 
MORTE: Março de 1945 - Bergen-Belsen, Alemanha. 
CAUSA DA MORTE: Tifo. 
OBS: Em março de 1945, uma epidemia de tifo se espalhou por Bergen-Belsen e matou cerca de 17.000 prisioneiros, dentre elas, Anne Frank. Depois da libertação, o acampamento foi queimado em um esforço para impedir a propagação da doença, e Anne e Margot (sua irmã) foram enterradas em uma vala comum. O paradeiro exato é desconhecido. 

TIFO é o nome genérico de várias doenças infectocontagiosas, classificadas como riquetsioses por serem causadas por bactérias do gênero Rickettsias. A maior parte dessas bactérias se desenvolve num reservatório animal e é transmitida ao homem pela picada de insetos infectados (geralmente um artrópode, como os piolhos do corpo, a pulga dos ratos e os carrapatos), ou pela contaminação com suas fezes. No interior do corpo humano, as bactérias proliferam nas células endoteliais dos pequenos vasos sanguineos e podem provocar lesões graves, muitas vezes irreversíveis.

Nenhum comentário: