Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE EMILINHA BORBA


NOME: Emília Savana da Silva Borba (82 anos) 
QUEM FOI: Cantora popular brasileira. Ainda menina e contrariando um pouco a vontade de sua mãe, apresentava-se em diversos programas de auditório e de calouros. Ganhou seu primeiro prêmio, aos 14 anos, na "Hora Juvenil", da Rádio Cruzeiro do Sul. Cantou também no programa "Calouros de Ary Barroso", obtendo a nota máxima ao interpretar "O X do Problema", de Noel Rosa. Logo depois, começou a fazer parte dos coros das gravações da Columbia. Formou, na mesma época, uma dupla com Bidú Reis, chamada As Moreninhas. A Dupla se apresentou em várias rádios, durante cerca de um ano e meio. Logo depois, a dupla gravou para a "Discoteca Infantil" um disco em 78 RPM com a música "A História da Baratinha", numa adaptação de João de Barro. Desfeita a dupla, Emilinha passou a cantar sozinha e foi logo contratada pela Rádio Mayrink Veiga, recebendo de César Ladeira o slogan "Garota Grau Dez". Em 1949, Emilinha já era a maior estrela da Rádio Nacional e sua foto era obrigatória nas capas de todas as revistas e jornais do país. Até Agosto de 1995, Emilinha Borba foi a personalidade brasileira que maior número de vezes foi capa de revistas no Brasil, calcula-se aproximadamente umas 350 capas nas mais diversas revistas. 
NASCIMENTO: 31 de agosto de 1923 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 3 de outubro de 2005 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Infarto fulminante. 
OBS: Em fevereiro de 2004, Emilinha foi hospitalizada após cair da cama e fraturar o braço direito. Em 2005, ela esteve internada após cair de uma escada e sofrer traumatismo craniano e hemorragia intra-cerebral. Morreu de infarto fulminante, enquanto almoçava em seu apartamento no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro. Seu corpo foi velado durante toda a noite e pela manhã, por amigos, familiares e fãs, na Câmara dos Vereadores no Rio de Janeiro e sepultado no Cemitério do Caju.

Nenhum comentário: