EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE MARAIS VILJOEN

 
NOME: Marais Viljoen (91 anos) 
QUEM FOI: Último Presidente de Estado cerimonial da África do Sul entre 4 de junho de 1979 e 3 de setembro de 1984. Marais era o mais novo de seis irmãos. Casou no dia 20 de Abril de 1940 com Dorothea Maria Brink e teve uma filha desse casamento, que por sua vez lhe deu um neto. Antes de entrar para a carreira política, trabalhou num Posto de Correios, e depois no jornal em Língua africâner, Die Transvaler, editado por Hendrik Verwoerd, que mais tarde se tornou Primeiro-Ministro. Marais serviu como deputado por Alberton, próximo de Joanesburgo, como Presidente do Senado, e como Presidente de Estado interino entre 21 de agosto e 10 de outubro de 1978, antes de B.J. Vorster ter sido eleito para a posição por curto período de tempo. Marais era visto como um membro relativamente moderado de Partido Nacional, que instituiu o apartheid.
NASCIMENTO: 2 de dezembro de 1915 - Robertson, Cabo, África.
MORTE:  4 de janeiro de 2007 - Pretória, África do Sul.
CAUSA DA MORTE: Insuficiência cardíaca
OBS: Depois da resignação de Vorster, em 1979, Marais ocupou o posto de Presidente de Estado de 4 de junho de 1979 a 3 de setembro de 1984. O cargo de Presidente de Estado da África do Sul durante esse tempo era meramente um posto cerimonial, tal como o de Governador-Geral, que veio substituir em 1961.

Nenhum comentário: