Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE SARAH BERANHARDT


NOME: Henriette Rosine Bernardt (78 anos) 
QUEM FOI: Conhecida mundialmente por Sarah Bernhardt, foi uma atriz e cortesã francesa, já chamada por alguns durante "a mais famosa atriz da história do mundo". Bernhardt fez sua reputação nos palcos da Europa na década de 1870, e logo passou a ser exigida pelos principais palcos do continente e dos Estados Unidos. Conquistou uma fama de atriz dramática, em papéis sérios, ganhando o epíteto de "A Divina Sarah". Seu papel mais marcante foi o da peça A Dama das Camélias de Alexandre Dumas. Visitou o Brasil quatro vezes, as duas primeiras ainda durante o reinado de D. Pedro II. Na última visita, durante uma encenação, sofreu um acidente que lhe gerou sérios problemas em sua perna e que culminou, anos depois, em sua morte. Sarah Bernhardt foi representada em dois filmes brasileiros, O Xangô de Baker Street e Amélia. Embora antes de tudo uma atriz de palco, Sarah Bernhardt gravou diversos cilindros e discos de diálogos célebres de várias produções. Um dos primeiros foi a Fedra, de Jean Racine, na casa de Thomas Edison, durante uma visita a Nova Iorque na década de 1880. Dotada de muitos talentos, ela se envolveu com as artes visuais, pintando e esculpindo, chegando a expor suas obras no Salão de Paris várias vezes, entre os anos de 1874 e 1896. Também posou para Antonio de la Gandara. 
NASCIMENTO: 22 de outubro de 1844 - Paris, França. 
MORTE: 26 de março de 1923 - Paris, França. 
CAUSA DA MORTE: Uremia. 
OBS: Sarah faleceu sob os cuidados de seu filho Maurice. Foi sepultada perante uma multidão de admiradores, no Cemitério do Père Lachaise, em Paris. No fim do século XX, recebeu uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood.


UREMIA é uma doença caracterizada pelo excesso de ureia no sangue, isso ocorre quando os rins não são capazes de filtrar o sangue normalmente. A quantidade de uréia no sangue pode ser alterada por vários fatores como os hábitos alimentares, sedentarismo, hidratação corporal,  e a forma como o organismo realiza o metabolismo.

Nenhum comentário: