EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE MAURICE BÉJART


NOME: Maurice-Jean Berger (80 anos) 
QUEM FOI: Dançarino e coreógrafo francês. Fundou em 1953, ao lado de Jean Laurent, Les Ballets de l'Etoile, mais tarde rebatizado de Ballet-Théâtre de Paris. Com o lançamento de seu primeiro grande sucesso, Symphonie pour un homme seul (1955), foi convidado pelo Théâtre Royal de la Monnaie, em Bruxelas, a criar um balé para seu corpo de baile: assim nasceu sua obra prima. Le Sacre du printemps, em 1959. Coreografou mais de duzentos balés, a maioria deles para sua própria companhia. Em Bruxelas, Béjart fundou o Balé do Século XX, que por três décadas maravilhou o mundo da dança, até ser transformado, em 1987, no Béjart Ballet Lausanne. Seguidor de culturas orientais, imprimiu em sua obra a marca dos gestos brilhantes com uma produção sensacionalista, muitas vezes com inserção de trechos falados. Seus críticos atacaram os temas filosóficos exagerados e a forma arrogante de utilizar a música. Mesmo assim, atraiu várias estrelas da dança, como Rudolf Nureyev, Maya Pilsetskaya e Suzanne Farrell. 
NASCIMENTO: 1 de Janeiro de 1927 - Marselha, França. 
MORTE: 22 de Novembro de 2007 - Lausana, Suíça. 
CAUSA DA MORTE: Problemas cardíacos e renais. 
OBS: Apesar da saúde delicada, o artista acompanhava diariamente as atividades de sua companhia. Em meados de outubro, Béjart ficou hospitalizado vários dias por causa de estafa. Nos últimos tempos, Bejárt vinha coordenando, da cama do hospital, uma nova criação que estrearia em dezembro, sob o título de "A Volta ao Mundo em 80 Minutos".

Nenhum comentário: