EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE HERMES FONTES


NOME: Hermes Floro Bartolomeu Martins de Araújo Fontes (42 anos) 
QUEM FOI: Poeta, compositor, escritor, caricaturista e gênio sergipano. O talento e a inteligência de Hermes Fontes chamaram a atenção de professores e grandes figuras importantes ainda quando menino, entre esses, o chefe de Estado e jurista Martinho Garcez que o levou como adotivo para o Rio de Janeiro a fim de lhe propiciar melhores oportunidades de futuro. No Rio, pode contribuir com a imprensa carioca como poeta, como crítico e chegou a escrever dez livros, entre eles, a obra poética “Apoteoses”, que o consagrou como um dos melhores poetas brasileiros. Se apaixonou por uma mulher chamado Alice, por quem se apaixonou e se casou logo em seguida. Hermes via na esposa a beleza ideal de uma mulher, apaixonado, o poeta tentou dar uma vida confortável à amada. Anos mais tarde, Hermes Fontes cai na amargura ao descobrir que era traído pelo seu grande amor e o seu casamento chega ao fim. Mesmo com fim do matrimônio, o poeta continuou amando Alice. Era considerado um homem romântico, sisudo e depressivo. Sem conseguir atingir seus objetivos de vida, solitário, sem o carinho da mãe, distante de sua terra natal e traído pelo seu grande amor, o poeta encerra sua vida numa noite de natal de 1930 com um tiro de revólver no ouvido. 
NASCIMENTO: 28 de agosto de 1888 - Boquim, SE, Brasil. 
MORTE: 25 de dezembro de 1930 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Suicídio (tiro no ouvido). 
OBS: Foi sepultado ao lado do túmulo do escritor Lima Barreto.

Nenhum comentário: