EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE SADI CABRAL

 
NOME: Sadi Sousa Leite Cabral (80 anos)   
QUEM FOI:
Ator brasileiro.
Em 1923, ingressou na Escola Municipal dramática, onde iniciou sua carreira não teatro. Estreou profissionalmente em 1924, na Companhia de Abigail Maia, atuando em "secretário de Sua Excelência". Em 1927 faz o curso de dança e coreografia de Maria Ollenewa e Richard Nemanoff e atuou em alguns espetáculos do Teatro Municipal como bailarino.
Em 1929, afastou-se do teatro e passou a dedicar-se ao rádio, sendo um dos introdutores das novelas radiofônicas no Brasil. Participou de mais de 50 filmes, numa longa, frutífera e duradoura carreira, onde se destacam: "Rio 40 Graus" (1955), "Bahia de Todos os Santos" (1960), "chuvas de Verão" (1978) e "gaijin , Os Caminhos da Liberdade "(1980). Sua última participação cinema não foi nenhum filme "O Menino Arco-Íris" (1983).
NASCIMENTO: 10 de setembro de 1906 - Maceió, AL, Brasil.
MORTE: 23 de novembro de 1986 - São Paulo, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca.   
OBS:  Em 1971, a Rede Globo de Televisão o chamou para fazer "Minha Doce Namorada" e em seguida "O Primeiro Amor". A seguir fez "Jerônimo, o Herói do Sertão"; "divinas e maravilhosas", "O Velho, o Menino eo Burro", "Os Apostolos de Judas", "Duas Vidas" e "Roda de Fogo" (TV Tupi e Rede Globo). Em 1981, na TV Cultura, participou de "O Fiel ea Pedra"; "Partidas Dobradas" e "O Resto é Silêncio". Na TV Bandeirantes fez "Um Homem Muito Especial" e "Maçã do Amor" (1983), seu último trabalho em novelas.

Nenhum comentário: