EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE JOSÉ DE ALENCAR



NOME: José Martiniano de Alencar (48 anos) 
QUEM FOI: Jornalista, político, advogado, orador, crítico, cronista, polemista, romancista e dramaturgo brasileiro. Foi um dos maiores representantes da corrente literária indianista. Destacou-se na carreira literária com a publicação do romance "O Guarani", em forma de folhetim, no Diário do Rio de Janeiro, onde alcançou enorme sucesso. Seu romance "O Guarani" serviu de inspiração ao músico Carlos Gomes, que compôs a ópera O Guarani. Foi escolhido por Machado de Assis, para patrono da Cadeira nº 23, da Academia Brasileira de Letras. Alencar consolidou o romance brasileiro, ao escrever movido por sentimento de missão patriótica. O regionalismo presente em suas obras, abriu caminho para outros sertanistas, preocupados em mostrar o Brasil rural.
NASCIMENTO: 1 de maio de 1829 - Messejana, CE, Brasil.
MORTE: 12 de dezembro de 1877 - Rio de janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Tuberculose.
OBS: Machado de Assis, que esteve no velório de Alencar, impressionou-se com a pobreza em que a família Alencar vivia.