EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE DANIEL DUNGLAS


NOME: Daniel Dunglas Home (53 anos) 
QUEM FOI:  Extraordinário médium de poderes físicos. Famoso por levitar a mais de 4m acima da altura do chão. Conduziu centenas de sessões durante um período de 35 anos — às quais compareceram muitos dos mais conhecidos nomes da Era vitoriana — sem ter sido exposto de forma conclusiva ou pública como uma fraude. Home nunca cobrou dinheiro por suas sessões e apresentações espiritualistas, pois ele considerava que havia sido designado espiritualmente com a "missão de demonstrar a imortalidade". Ele se envolveu em algumas situações controversas em sua vida pessoal, como quando foi acusado de seduzir uma viúva de 75 anos, a Sra. Lyon, a o adotar e dar a ele dinheiro - caso em que foi condenado pela justiça a devolver parte da soma que a Sra. Lyon havia o doado. Em 1855, em uma viagem financiada por espiritualistas americanos, ele foi à Inglaterra. Ele é descrito nessa época como alto e magro, com olhos azuis e cabelo ruivo, vestido displicentemente e com uma séria doença pulmonar. Daniel Home fazia sessões para pessoas notáveis a plena luz do dia e produzia fenômenos tais como mover objetos à distância. Alguns dos primeiros convidados às suas sessões incluíam o cientista David Brewster, os romancistas Edward Bulwer-Lytton e Anthony Trollope, o socialista Robert Owen, e o swedenborgiano James John Garth Wilkinson.
NASCIMENTO: 20 de Março de 1833 - Currie, Escócia.
MORTE: 21 de Junho de 1886 - Currie, Escócia.
CAUSA DA MORTE: Tuberculose.
OBS: No Brasil, é comemorado a 16 de dezembro o dia da Levitação em homenagem a Home que, nesse dia em 1868, terá levitado passando através da janela da sua casa em Londres, para entrar pela janela de um vizinho, a 24 metros de altura. É de notar que este fenômeno foi presenciado pelo visconde Adare, o senhor de Lindsay e o capitão Winne, respeitados e prestigiados membros da sociedade londrina da altura.