EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE COSTINHA



NOME:  Lírio Mário da Costa (72 anos) 
QUEM FOI: Ator e comediante brasileiro. Costinha vem de família de cunho artístico: seu pai foi palhaço de circo. A infância circense iria influenciar a trajetória do humorista de forma definitiva. Porém, a situação estável da família muda quando ele completa treze anos: seu pai e grande ídolo, abandona a família. Na época, ainda menino, Costinha tem de deixar a vocação artística e pegar no batente. Foi, dentre outras profissões, office-boy, garçom de botequim, engraxate e apontador de jogo do bicho. Esse convívio ao lado de tipos urbanos e, muitas vezes, marginais do Rio dos anos 40, seria muito importante nos personagens feitos pelo humorista posteriormente. Em 1942, emprega-se como faxineiro da Rádio Tamoio. Pelo novo veículo ganha sua grande chance, sendo radioator em importantes programas da época como "Cadeira de Barbeiro", "Recruta 23" e mesmo na primeira versão radiofônica da Escolinha do Professor Raimundo. Fez parte do elenco de grandes emissoras como a Record e também a Mayrink Veiga. Foi ainda cômico no Teatro de Revista, tanto em São Paulo como no Rio de Janeiro.
NASCIMENTO: 25 de março de 1923 - Rio de Janeiro, Brasil.
MORTE: 15 de setembro de 1995 - Rio de Janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Enfisema pulmonar.

OBS: Costinha faleceu no Hospital Pan-Americano, no Rio de Janeiro e foi sepultado no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.





Costinha na "Escolinha do Prof. Raymundo".