EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE WILHELM KEITEL


NOME:  Wilhelm Bodewin Johann Gustav Keitel (64 anos) 
QUEM FOI: Marechal de Campo do exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial, chefe do comando supremo das Forças Armadas após 1938 e conselheiro militar de Adolf Hitler. Ditou os termos do armistício com a França (1940) e foi membro do tribunal que julgou muitos dos oficiais que foram condenados à morte pelo papel que desempenharam na conspiração de Julho de 1944. Assinou a rendição incondicional da Alemanha, em Berlim, a 8 de Maio de 1945. Julgado em Nuremberg por crimes de guerra, foi enforcado em outubro de 1946.
NASCIMENTO: 22 de setembro de 1882 - Helmscherode, Alemanha.
MORTE: 16 de outubro de 1946  - Nuremberg, Alemanha
CAUSA DA MORTE: Enforcado (executado).
OBS.: Em 8 de maio de 1945, Keitel assinou a rendição alemã ao Exército Vermelho e aos Aliados. Quatro dias depois, ele foi preso. Nos meses seguintes, enfrentaria o Tribunal Militar Internacional, em Nuremberg (Alemanha), acusado de crimes de guerra, crime contra a paz e a crimes contra humanidade. Foi condenado à morte em 1º de outubro de 1946. Assim como Jodl, Keitel apelou da decisão e pediu para ser fuzilado, alegando que a morte por fuzilamento era "garantida a todos os soldados em todos os exércitos do mundo". Em ambos os casos, o pedido foi rejeitado.