MORTE DE JOSÉ LOUZEIRO


NOME: José de Jesus Louzeiro (85 anos) 
QUEM FOI: Escritor, roteirista e autor de telenovela brasileiro. Atuou em veículos como os jornais Correio da Manhã e Última Hora, além da revista Manchete. Jornalista desde 1948, quando começou a trabalhar no jornal O Imparcial, de São Luís, sua cidade natal, Louzeiro produziu diversos livros de reportagem como Aracelli, Meu Amor. Sua principal obra no formato foi Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia (1976), que inspirou o filme de Hector Babenco, de 1977, do qual foi corroteirista (com o diretor e Jorge Duran). Babenco inspirou-se em outro livro dele, A Infância dos mortos, para fazer Pixote, a Lei do Mais Fraco, em 1981. 
NASCIMENTO: 19 de setembro de 1932 - São Luís, MA, Brasil. 
MORTE: 29 de dezembro de 2017 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Parada cardiorrespiratória. 
OBS: Com mais de 50 livros publicados ao todo, desde que estreou na literatura, em 1958, Louzeiro escreveu biografias e obras infanto-juvenis. Seu trabalho derradeiro foi o roteiro para o filme Vigário Geral, um dos dez que produziu para o cinema.

Nenhum comentário: