EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE JONATHAN DEMME


NOME: Jonathan Demme (73 anos) 
QUEM FOI: Cineasta, produtor e argumentista norte-americano. Diretor ganhador do Oscar por "O silêncio dos Inocentes". Além deste, ele dirigiu filmes como "Filadélfia" (1993), que deu o Oscar de ator a Tom Hanks; e "O casamento de Rachel" (2008), que fez Anne Hathaway ser indicada ao Oscar de Melhor Atriz. O último longa de ficção dirigido por ele foi "Ricki and the Flash: De Volta Para Casa", estrelado por Meryl Streep na pele de uma roqueira que volta para casa para retomar as relações com sua família. Na década de 70, apostou em comédias com um quê de drama como "Celas em Chamas" (1974), "Loucura da Mamãe" (1975) e "Nas Ondas do Rádio" (1977). Nos anos 80, colocou um pouco de romance em sua filmografia, com "Totalmente Selvagem", de 1986 e "Armas e amores", de 1984. 
NASCIMENTO: 22 de fevereiro de 1944 - Baldwin, NY, EUA. 
MORTE: 26 de abril de 2017 - Nova York, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Câncer de esôfago. 
OBS: Jonathan fundou sua própria produtora de cinema, "Clínica Estetico", com os produtores Edward Saxon e Peter Saraf. Ela esteve sediada em Nova York durante quinze anos. Jonathan Demme é o tio do diretor Ted Demme, que morreu em 2002.

Nenhum comentário: