EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE LIAQUAT ALI KHAN


NOME: Liaquat Ali Khan (55 anos) 
QUEM FOI: Primeiro Ministro do Paquistão. Teve um papel influente na partição da Índia e criação do Paquistão. Em 1947, tornou-se primeiro-ministro do Paquistão. No Paquistão, é considerado como o braço direito de Muhammad Ali Jinnah, o líder da Liga Muçulmana e primeiro governador-geral do Paquistão independente, considerado como "O Pai da Nação". Em 1947, a Índia foi dividida em dois Estados - Índia e Paquistão. Como Primeiro Ministro do Paquistão, Liaquat foi responsável pela condução do país nos seus primeiros anos. Após a partição, a Índia e o Paquistão entraram em conflito sobre o destino da Kashmir. Liaquat negociou longamente com o Primeiro Ministro indiano, Jawaharlal Nehru, e pressionou para que o problema fosse levado ao referendo das Nações Unidas. Durante seu mandato, o Paquistão manteve estreitos laços com o Reino Unido e os Estados Unidos. 
NASCIMENTO: 2 de outubro de 1896 - Paquistão. 
MORTE: 16 de outubro de 1951 - Paquistão. 
CAUSA DA MORTE: Assassinado a tiros. 
OBS: Em 16 de outubro de 1951, Liaquat deveria fazer um importante pronunciamento em comício da Liga Muçulmana no Parque Municipal de Rawalpindi. Durante o evento Liaquat recebeu dois tiros no peito. O assassino foi imediatamente morto pela polícia, tendo sido identificado como um afegão - Saad Akbar. O exato motivo do assassinato de Liaquat nunca foi completamente esclarecido. O Parque Municipal foi renomeado, passando a chamar-se Liaquat Bagh. Em 27 de dezembro de 2007, a ex-primeira ministra Benazir Bhutto também foi morta do lado de fora do mesmo parque. Liaquat recebeu postumamente os títulos de Quaid-e-Millat (Líder da Nação) e Shaheed-e-Millat (Mártir da Nação).

Nenhum comentário: