EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE NHÔ MORAES


NOME: Emílio Fingoli (68 anos) 
QUEM FOI: Mais conhecido como Nhô Moraes foi um cantor e humorista brasileiro. Quando criança gostava de ouvir os grandes sucessos de Torres e Florêncio, Palmeira e Piraci, Tonico e Tinoco e outros. Desde os sete anos já se apresentava em festas na roça. Em 1953, iniciou a carreira na dupla Moreira e Morais, cantando em circos. Em 1956, desfez a dupla e ingressou no humor caipira. Em 1963, realizou shows em circos, acompanhando diversas duplas sertanejas, entre elas Tonico e Tinoco e Tião Carreiro e Pardinho. Nesse período fez uma série de composições. Em 1969, gravou seu primeiro disco solo em estilo humorístico. Fez parte do filme "Na Estrada da Vida" com Milionário e José Rico. Na televisão, apresentou-se no programa "Som Brasil", dirigido por Lima Duarte, na Rede Globo. Apresentou-se também no "Programa Moacir Franco", no SBT, no "Rincão brasileiro", na Rede Bandeirantes, e no "Viola Minha Viola", na TV Cultura. Em fins dos anos 1980, passou a trabalhar no SBT no programa "A Praça É Nossa (interpretava um personagem caipira)". 
NASCIMENTO: 1934 - Matão, SP, Brasil. 
MORTE: 18 de março de 2002 - São Paulo. 
CAUSA DA MORTE: Complicações de um AVC. 
OBS: Nhô Moraes faleceu uma semana após sofrer um derrame. Entrou em coma e não resistiu. Seu corpo foi cremado em São Paulo.

Nenhum comentário: