Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE MISORA HIBARI


NOME: Kato Kazue (52 anos) 
QUEM FOI: Cantora japonesa. É a maior expressão feminina do Enka, estilo musical japonês, atriz e ícone cultural do pós-guerra. Em junho de 1943, seu pai foi convocado para lutar na Segunda Guerra Mundial, e Kazue, então com seis anos, cantou a canção "Kudan no Haha"(九段の母) durante sua despedida. Sua voz chamou a atenção das pessoas, o que fez sua mãe levá-la várias vezes, para cantar nos arredores de Yokohama, enquanto seu pai estava em campanha. Com o final da Guerra, Masakichi retornou e decidiu investir na carreira da filha, que graças as apresentações realizadas nos suburbios de Yokohama, havia adquirido uma certa popularidade. Durante sua carreira, Misora Hibari participou de mais de 160 filmes, além de seriados de televisão e incontáveis aparições em programas musicais e de entretenimento, gravou cerca de 1.200 músicas e vendeu aproximadamente 68 milhões de discos, após sua morte, esse número aumentou consideravelmente, e em 2001, ela já havia vendido mais de 80 milhões de cópias de seus trabalhos. 
NASCIMENTO: 29 de maio de 1937 - Kanagawa, Japão. 
MORTE: 24 de junho de 1989 - Tóquio, Japão. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência respiratória devida a pneumonia atípica. 
OBS: Seu funeral foi realizado no dia 22 de julho de 1989, em Aoyama, com a presença de 42 mil pessoas. Seus restos mortais foram depositados para descanso eterno no Cemitério de Hino, localizado na área de Konan, em Yokohama. Em Fukushima foi construído um monumento e uma estátua de bronze da cantora que atrai milhares de fãs todos os anos. Em 6 de julho de 1989, Misora recebeu póstumamente o Prêmio de "Honra do Povo", conferida pelo Primeiro Ministro do Japão Uno Sosuke (1922-1998) por "ter dado sonhos e esperança às pessoas através de sua música".

Nenhum comentário: