EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE MADAME DE POMPADOUR


NOME: Jeanne-Antoinette Poisson (42 anos) 
QUEM FOI: Mais conhecida como Madame de Pompadour, foi uma cortesã francesa e amante do Rei Luís XV da França considerada uma das figuras francesas mais emblemáticas do século XVIII. Dotada de inteligência, encanto, beleza, e ao mesmo tempo uma mulher fria, em termos físicos e na alma, Madame de Pompadour via seu papel como o de uma secretária confidencial do Rei. Governava Versalhes, concedia audiências a embaixadores e tomava decisões sobre todas as questões ligadas à concessão de favores, de forma tão absoluta quanto qualquer monarca. Influenciando politicamente as decisões reais, ela se tornou uma empreendedora, incentivando a fundação da fábrica de porcelanas de Sèvres. 
NASCIMENTO: 29 de dezembro de 1721 - Paris, França. 
MORTE: 15 de abril de 1764 - Versalhes, França. 
CAUSA DA MORTE: Tuberculose. 
OBS: Em novembro de 1729, ela sofreu uma gripe e ficou de cama por seis semanas. Essa doença marcou o fim de sua estada em Poissy. As ideias de Madame Pompadour sobre a criação de filhos eram bem diferentes das que tinham as freiras. Mal sua filha retornou a Paris, ela foi levada com a mãe para ver uma famosa cartomante, Madame Lebon. Certamente Madame Pompadour confiava mais na bola de cristal do que na Providência Divina. Mãe e filha devem ter ficado impressionadas com a previsão de Madame Lebon, pois em seu testamento encontramos um algo que diz: "Seiscentas libras para Madame Lebon, por ter-lhe dito, aos nove anos de idade, que um dia seria amante de Luis XV."

Nenhum comentário: