EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE CARLOS BERNARDO LOUREIRO


NOME: Carlos Bernardo Loureiro (64 anos) 
QUEM FOI: Pesquisador espírita. Figura das mais conhecidas no meio espírita, principalmente por sua dedicação à pesquisa da fenomenologia espírita. Aprofundou ainda mais os seus estudos no campo a partir de 1986, no Círculo de Pesquisas Ambroise Parré, em Salvador-BA. Publicou, por diferentes editoras, mais de 15 obras, dentre as quais: "Das profecias à premonição", "Dos raps à comunicação instrumental", "Espiritismo & magnetismo - de Paracelso à psicotrônica", "Obsessão e seus mistérios", "Perispírito - natureza, funções e propriedades", "As mulheres médiuns" e "Visão espírita do sono e dos sonhos". Possuía um currículo profissional extenso. Formado em Direito pela Universidade Federal da Bahia, em 1973 participou da elaboração, em Brasília, do Código de Direito do Trabalho, sob a responsabilidade da Comissão de Justiça da Câmara dos Deputados. Exerceu por longo tempo a advocacia e ocupou o cargo de assessor jurídico da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), onde trabalhou por 32 anos. Também lecionou Ética na Escola Superior de Advocacia da OAB/BA. 
NASCIMENTO: 16 de abril e 1942 - Salvador, BA, Brasil. 
MORTE: 10 de agosto de 2006 - Salvador, BA, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Hepatite
OBS: Loureiro foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, bairro de ×Brotas, em Salvador.

Nenhum comentário: