EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE ZÓZIMO BULBUL


NOME: Zózimo Bulbul (76 anos) 
QUEM FOI: Ator, cineasta e roteirista brasileiro. Foi o primeiro ator negro a ter um papel de destaque em uma novela brasileira, "Vidas em Conflito", que foi ao ar em 1969 pela TV Excelsior, em que fazia par romântico com a atriz Leila Diniz. Também dirigiu filmes importantes, como "Abolição" (1988) e o curta "Alma no Olho" (1973), que faz uma metáfora sobre a escravidão. MORTE: 24 de janeiro de 2013 - Rio de Janeiro, Brasil. Bulbul retomou o olhar de diretor com "Pequena África" (2002), "Samba no Trem" (2005) e "República Tiradentes" (2005). Seu mais recente trabalho é o média-metragem "Zona Carioca do Porto" (2006). Nos últimos anos, o artista trabalhou em projetos de oficinas de cinema para estudantes do Senegal e de Cabo Verde. Ele era, ainda, um dos organizadores do Encontro de Cinema Negro Brasil África & Caribe, festival que teve seis edições. 
NASCIMENTO: 1937 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE:  24 de janeiro de 2013 - Rio de Janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Parada cardíaca devida a câncer no colo do intestino. 
OBS: O câncer de Zózimo foi diagnosticado em junho de 2012, que tinha se espalhado para o cérebro e a garganta. Ele chegou a fazer uma operação para remover o tumor. Faleceu em seu apartamento, na praia do Flamengo, ao lado da mulher, Biza Vianna, com que era casado havia 30 anos. Foi sepultado no cemitério São Francisco Xavier, no Caju. 


Nenhum comentário: