EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE BENÊ SILVA


NOME: Benedito Vicente da Silva (68 anos) 
QUEM FOI: Ator, dramaturgo e cineclubista Brasileiro. Estudou artes cênicas na EAD (Escola de Arte Dramática de São Paulo), fez parte do TEN (Teatro Experimental do Negro) na década de 1950, no Rio de Janeiro, com a atriz Ruth de Souza. Em 1969, o dramaturgo Plínio Marcos citou Benê como um ator negro que poderia ter sido escolhido para o papel de “Pai Tomás” em uma novela da Globo, "Cabana do Pai Tomás" (1969-1970). A emissora carioca preferiu, porém, escolher um ator branco (Sérgio Cardoso - 1925-1972) e "tingir o panaca de preto", nas palavras de Plínio, em vez de colocar um negro no papel principal. A partir dos anos 1970, Benê participou como ator em diversas produções cinematográficas, no Brasil e no exterior. No Brasil, por exemplo, participou do filme “A Filha do Padre” (1975), dirigido por Tony Vieira. Nos últimos anos, Benê radicou-se no Embu, criando o “Cineclube de Embu das Artes”, oficializado em 10 de setembro de 2006, agitando a cena cultural, participando de todas as iniciativas, debates, fóruns de discussões relativos à promoção cultural na cidade.
NASCIMENTO: 16 de agosto de 1942 - Uberaba, MG, Brasil.
MORTE: 21 de fevereiro de 2011 - Rio de Janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Câncer de garganta.
OBS: Benê faleceu no Pronto-socorro de Embu, SP, seis meses depois de descobrir a doença. Seu corpo foi sepultado no Cemitério Vale dos Reis, Taboão da Serra, SP).

Nenhum comentário: