Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE GIUSEPPE PEANO


NOME: Giuseppe Peano (73 anos) 
QUEM FOI: Matemático italiano que fez importantes contribuições teóricas nas áreas de análise matemática, lógica, teoria dos conjuntos, equações diferenciais e análise vetorial. Autor de inúmeros livros e artigos, Peano foi o fundador da moderna lógica matemática e teoria dos conjuntos, para cujos conceitos e notações contribuiu de forma decisiva. Na obra "Arithmetices Principia Nova Methodo Exposita" de 1889, Peano desenvolveu os famosos axiomas de Peano, considerados até hoje como a axiomatização padrão dos números naturais. Passou a maior parte de sua carreira ensinando matemática na Universidade de Turim. Foi professor nesta mesma Universidade desde 1890 até à sua morte e na Real Academia de Artillería de 1886 até 1901. Criou uma língua internacional chamada interlingua. O seu trabalho mudou profundamente a visão dos matemáticos e teve uma grande influência nos esforços que mais tarde se desenvolveram na reestruturação da matemática, especialmente no trabalho dos matemáticos franceses revelado sob o pseudónimo de Nicolas Bourbaki.
NASCIMENTO: 27 de agosto de 1858 - Spinetta, Piemonte, Itália.
MORTE: 20 de abril de 1932 - Turim, Itália.
CAUSA DA MORTE: Ataque cardíaco fulminante.
OBS: No final do século XIX, com a aritmetização da análise e os axiomas de Peano, a maior parte da matemática conseguiu base estritamente axiomática. Peano foi um dos precursores do logicismo cuja expressão definitiva é a monumental obra Principia Mathematica de Whitchead e Russell.

Nenhum comentário: