EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE COSTA GOMES


NOME: Francisco da Costa Gomes (87 anos) 
QUEM FOI: Ex-presidente de Portugal, além de militar (marechal). Foi o 15º Presidente da República Portuguesa que governou durante o período revolucionário que se seguiu à restauração da democracia no país. Costa Gomes foi o segundo presidente português depois da Revolução dos Cravos e esteve no posto durante o período mais agitado do processo político português. Foi durante o seu mandato que seguiu-se à renúncia do general Antônio de Spinola em 1974 até as primeiras eleições presidenciais livres, em abril de 1976 que ocorreram a reforma agrária, a nacionalização dos bancos e das principais empresas portuguesas a descolonização de Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e a nomeação do único governo português até hoje dirigido pelo Partido Comunista. Ligado à esquerda e considerado por muitos como próximo do PCP, a figura de Costa Gomes sempre foi controversa no meio político português. Durante a tentativa de golpe de esquerda em 25 de novembro de 1975, teria ficado em cima do muro até perceber que os revoltosos não teriam condições de ganhar o poder. O ex-presidente Mário Soares afirmou que teve nessa ocasião uma atitude "ambígua". No entanto, muitos consideram que o marechal foi quem garantiu a realização de eleições livres em Portugal.
NASCIMENTO: 30 de junho de 1914 - Chaves, Portugal.
MORTE: 31 de julho de 2001 - Lisboa, Portugal.
CAUSA DA MORTE: Insuficiência respiratória após tomar uma queda.
OBS: O marechal estava internado no Hospital Militar de Lisboa desde 2 de maio  de 2001, quando sofreu uma queda, e a morte foi por insuficiência respiratória. 


Nenhum comentário: