EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE ALEXANDER SOLJENÍTSIN


NOME: Alexander Issaiévich Soljenítsin (89 anos) 
QUEM FOI: Romancista, dramaturgo e historiador russo cujas obras consciencializaram o mundo quanto aos gulags, sistema de campos de trabalhos forçados existente na antiga União Soviética. Recebeu o Nobel de Literatura de 1970, e foi expulso de sua terra natal em 1974. Soljenítsin estudou matemática na Universidade Estatal de Rostov, ao mesmo tempo cursando por correspondência o Instituto de Filosofia, Literatura e História de Moscovo. Durante a Segunda Guerra Mundial participou de acções importantes como comandante de uma companhia de artilharia do Exército Soviético, obtendo a patente de capitão e sendo condecorado em duas ocasiões. autor do livro Arquipélago Gulag (1973–1978). Suas histórias sobre sofrimento e sobrevivência em campos de trabalhos forçados da União Soviética lhe valeram 20 anos de exílio, mas também reconhecimento internacional.
NASCIMENTO: 11 de dezembro de 1918 - Kislovodsk, União Soviética. 
MORTE: 3 de agosto de 2008 - Moscou, Rússia. 
CAUSA DA MORTE: Insuficiência cardíaca aguda. 
OBS: Encontra-se sepultado no Donskoi Monastery Cemetery, Moscou, na Rússia.

Nenhum comentário: