EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE LIMA BARRETO


NOME: Afonso Henriques de Lima Barreto (41 anos) 
QUEM FOI: Jornalista e um dos mais importantes escritores libertários brasileiros. Enfrentou o preconceito por ser mestiço durante a vida. Ficou órfão aos sete anos de idade de mãe e, algum tempo depois, seu pai foi trabalhar como almoxarife em um asilo de loucos chamado Colônia de Alienados da Ilha do Governador. Concluiu o curso secundário na Escola Politécnica, contudo, teve que abandonar a faculdade de Engenharia, pois seu pai havia sido internado, vítima de loucura, e o autor foi obrigado a arcar com as despesas de casa. Como leu bastante após a conclusão do segundo grau, sua produção textual era de excelente qualidade, foi então que iniciou sua atividade como jornalista, sendo colaborador da imprensa. Sua principal obra foi Triste fim de Policarpo Quaresma, no qual relata a vida de um funcionário público, nacionalista fanático, representado pela figura de Policarpo Quaresma. 
NASCIMENTO: 13 de maio de 1881 - Rio de Janeiro, Brasil. 
MORTE: 1 de novembro de 1922 - Rio de Janeiro, Brasil. 
CAUSA DA MORTE: Ataque cardíaco devido a neurastenia. 
OBS: Sua vida foi atribulada pelo alcoolismo e por internações psiquiátricas, ocorridas durante suas crises severas de depressão - à época era um dos sintomas pertencentes ao diagnóstico de "neurastenia", constante de sua ficha médica. Esses sintomas, principalmente relacionado ao alcoolismo, o levaram a ter um ataque cardíaco.

Nenhum comentário: