Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Experimente o Facebook @capsulahistorica, ou o blog: www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE GORKI


NOME: Aleksei Maksimovich Peshkov (68 anos) 
QUEM FOI: Usava o pseudônimo de "Máximo Gorki". Foi um escritor, romancista, dramaturgo, contista e ativista político russo. foi escritor de escola naturalista que formou uma espécie de ponte entre as gerações de Tchekhov e Tolstoi, e a nova geração de escritores soviéticos. Em 1883, com apenas 15 anos, publica dois romances, Romá Gordieiev e Os Três; Toma parte, em 1905, na primeira revolução que pretendia derrubar o Czar Nicolau II da Rússia, e após o fracasso da intentona, acabou preso por subversão na cadeia de São Pedro e São Paulo, em São Petersburgo. No ano seguinte, porém, com a ajuda de outros intelectuais e sob fortíssima pressão da comunidade internacional, as autoridades russas foram obrigadas a libertá-lo. Organiza, a seguir, o jornal Nóvaia Jizni (Vida Nova), mas é obrigado a abandonar a Rússia. 
NASCIMENTO: 28 de março de 1868 - Nijni Nóvgorod, Rússia. 
MORTE: 18 de junho de 1936 - Moscou, Rússia. 
CAUSA DA MORTE: Pneumonia. 
OBS: Foi sepultado com todas as honras oficiais e seu Caixão acompanhado por Stálin e Molotov. Entretanto, em 1938, Leon Trotski, tenta com o artigo Quatro médicos que sabiam demais, escrito para o New York Times acusar Stálin de ter envenenado Gorki.

Nenhum comentário: