EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE LEO SZILARD


NOME: Leó Szilárd (66 anos) 
QUEM FOI: Físico nuclear húngaro naturalizado americano. Notabilizado por seus trabalhos em fissão nuclear controlada, estudou no Instituto de Tecnologia de Budapeste e na Universidade de Berlim, na qual obteve o seu PhD (1922) e lecionou física (1923-1933). Fugindo do nacional-socialismo, passou pela Alemanha, Suíça e Inglaterra, onde iniciou seus trabalhos em física nuclear. Mudou-se para os Estados Unidos em 1938, trabalhando como pesquisador na Universidade Columbia. No ano seguinte, foi um dos cientistas1 que convenceram o presidente Franklin Delano Roosevelt a usar a energia atômica para fins militares. Na Universidade de Chicago, com o italiano Enrico Fermi, criou a primeira cadeira sobre reação nuclear (1942). Tornou-se cidadão americano em 1943. Fez contribuições fundamentais para o desenvolvimento da primeira bomba atômica, mas protestou contra o seu lançamento sobre Hiroshima e Nagasaki, no Japão. 
NASCIMENTO: 11 de fevereiro de 1898 - Budapeste, Hungria. 
MORTE: 30 de maio de 1964 - La Jolia, Califórnia, EUA. 
CAUSA DA MORTE: Ataque cardíaco. 
OBS: Leo sofreu o ataque cardíaco enquanto dormia.

Nenhum comentário: