EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE JOÃO DO PULO

 
NOME: João Carlos de Oliveira (45 anos) 
QUEM FOI: Atleta saltador brasileiro e ex-recordista mundial do salto triplo. Em 1973, treinado pelo então professor da USP Pedro Henrique de Toledo, conhecido como "Pedrão", quebrou o recorde mundial júnior de salto triplo no Campeonato Sul-Americano de Atletismo com a marca de 14,75 m. Em 1975, dois anos depois, nos Jogos Pan-Americanos da Cidade do México conquistou a medalha de ouro no salto em distância com a marca de 8,19 m e em 15 de outubro, também a medalha de ouro no salto triplo, com a incrível marca de 17,89 m, quebrando o recorde mundial desta modalidade em 45 cm, e que pertencia ao soviético Viktor Saneyev. Teve a carreira de atleta brutalmente interrompida em 22 de dezembro de 1981, quando sofreu um grave acidente automobilístico. Sua perna direita teve que ser amputada e seu desempenho atlético ficou comprometido.
NASCIMENTO: 28 de maio de 1954 - Pindamonhangaba, São Paulo, Brasil.
MORTE: 29 de maio de 1999 - São Paulo, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Cirrose hepática e infecção generalizada.
OBS: João do Pulo morreu solitário (abandonado por parentes e amigos que se refestelavam às suas custas nos tempos de glória) e com problemas financeiros e com o álcool. No fim da vida, sua única fonte fixa de renda era o soldo de segundo tenente reformado do Exército Brasileiro. Chegou a ser preso por não pagar pensão alimentícia a um de seus dois filhos.

Nenhum comentário: