EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE JACQUES DeMOLAY


NOME: Jacques DeMolay (c.66 anos) 
QUEM FOI: Nobre e militar, nascido em Vitrey-sur-Mance, à época um vilarejo do Condado da Borgonha, e hoje em dia uma comuna francesa. Pertencia a uma família da pequena nobreza francesa, tendo sido cavaleiro e o último Grão-mestre da Ordem dos Cavaleiros Templários. Aos 21 anos de idade, como muitos filhos da nobreza europeia, DeMolay entrou para a Ordem dos Cavaleiros Templários, organização sancionada pela Igreja Católica Apostólica Romana para proteger e guardar as estradas entre Jerusalém e Acre, sendo a última, à época, um importante porto no mar Mediterrâneo. A Ordem dos Cavaleiros Templários participou das Cruzadas, e conquistou um nome de valor e heroísmo. Nobres de toda a Europa enviavam seus filhos para serem cavaleiros templários, e isso fez com que a Ordem passasse a ser muito rica e popular em todo o continente europeu e Oriente Médio.
Em 1298, Jacques DeMolay foi nomeado Grão-mestre dos Cavaleiros Templários, uma posição de poder e prestígio. Assumiu o cargo após a morte de seu antecessor Thibaud Gaudin, no mesmo ano - 1298.
NASCIMENTO: c.1248 - Vitrey-sur-Mance, França.
MORTE: 18 de março de 1314 - Paris, França.
CAUSA DA MORTE: Queimado vivo.
OBS: Jacques de Molay, quando era Grão-mestre, foi capturado em Paris, passou a ser conhecido como um símbolo de lealdade e companheirismo, pois preferiu morrer a entregar seus companheiros ou faltar com seu juramento. E por esse motivo o maçom estadunidense Frank Sherman Land veio a fundar a Ordem DeMolay, usando o nome de Jacques como mártir e exemplo a ser seguido. Filipe IV, o belo, se posicionou para que a questão templária fosse terminada. Ordenou o rapto de Jacques DeMolay, então sob a custódia da comissão de bispos, e ordena que seja queimado numa fogueira na Île de la Cité (França), pouco depois das vésperas, em 18 de março de 1314.

Nenhum comentário: