EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE MILTON SANTOS


NOME: Milton Almeida dos Santos (75 anos) 
QUEM FOI: Geógrafo brasileiro. Apesar de ter se graduado em Direito, Milton destacou-se por seus trabalhos em diversas áreas da geografia, em especial nos estudos de urbanização do Terceiro Mundo. Foi um dos grandes nomes da renovação da geografia no Brasil ocorrida na década de 1970.
Aos 13 anos, Milton dava aulas de matemática no ginásio em que estudava, o Instituto Baiano de Ensino. Aos 15, passou a lecionar Geografia e, aos 18, prestou vestibular para Direito em Salvador. Enquanto estudante secundário e universitário marcou presença na militância política de esquerda. Formado em Direito, não deixou de se interessar pela Geografia, tanto que fez concurso para professor catedrático no Colégio Municipal de Ilhéus. Nesta cidade, além do magistério desenvolveu atividade jornalística, estreitando sua amizade com políticos de esquerda. Nesta época, escreveu o livro Zona do Cacau, posteriormente incluído na Coleção Brasiliana, já com influência da Escola Regional francesa.
NASCIMENTO: 3 de maio de 1926 -Brotas de Macaúbas, BA, Brasil.
MORTE: 24 de junho de 2001 - Sao Paulo, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Câncer de próstata.
OBS:  "Nós estávamos com ele na hora, ele teve uma morte tranquila, sem sofrimentos", disse Rafael, filho de Milton, que estava internado no Hospital do Servidor Público Estadual, em São Paulo.


Milton Santos sobre a política racial brasileira.