EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE LUÍS IX DA FRANÇA


NOME: Louis (56 anos) 
QUEM FOI: Rei de França de 1226 até à sua morte, o nono da chamada dinastia dos capetianosconde de Artois de 1226 a 1237. No seu reinado a França viveu um excepcional momento político, econômico, militar e cultural, conhecido como o "o século de ouro de São Luís". Houve um grande desenvolvimento da justiça real, passando o monarca a representar o juiz supremo.Participou também da Sétima Cruzada e da Oitava Cruzada, tendo morrido no decurso desta última, o que influenciou em grande medida a sua posterior canonização no reinado do seu neto Filipe o Belo. diretos, e também
NASCIMENTO: 25 de abril de 1214 - Poissy, França.
MORTE: 25 de agosto de 1270 - Tunis, Norte da África.
CAUSA DA MORTE: Disenteria em decorrência da Peste Negra.
OBS: O cadáver do rei foi levado para França pelo seu filho e sucessor Filipe, com excepção das entranhas: algumas destas foram enterradas na atual Tunísia, onde ainda é possível hoje em dia visitar um túmulo de São Luís; outras foram destinadas à abadia de Monreale, na Sicília, a pedido do seu irmão Carlos I da Sicília. O resto do seu corpo, depois de uma estadia na basílica de São Domingos em Bolonha e de uma paragem em Lião, foi transladado para a necrópole real da abadia de Saint-Denis. O seu túmulo na França era um magnífico monumentobronze dourado concebido no final do século XIV. Foi fundido durante as guerras francesas de religião, quando o corpo do rei santo desapareceu. Só foi recuperado um dedo, mantido actualmente em Saint-Denis.


PESTE NEGRA é a designação pela qual ficou conhecida, durante a Baixa Idade Média, a pandemia (epidemia de doença infecciosa) e peste bubônica que assolou a Europa durante o século XIV e dizimou entre 25 e 75 milhões de pessoas. A doença é causada pela bactéria Yersinia pestis, transmitida ao ser humano através das pulgas dos ratos-pretos (Rattus rattus) ou outros roedores. Os surtos de peste bubônica têm origem em determinados focos geográficos onde a bactéria permanece de forma endêmica, como no sopé dos Himalaias e na região dos Grandes Lagos Africanos.