EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE DINA SFAT


NOME: Dina Kutner de Souz (50 anos) 
QUEM FOI: Atriz brasileira. Em 1966 estreou no cinema em "Corpo Ardente" e no cinema se consagra em 1969 vivendo a guerrilheira Cy de "Macunaíma", filme premiado, ao lado do marido, o ator Paulo José que ela conheceu nos tempos do Teatro de Arena. Ela chegou à televisão no final da década de 1960 e destacou-se em papéis de enorme carga dramática em telenovelas de autoria de Janete Clair, como Selva de Pedra, Fogo Sobre Terra, O Astro e "Eu Prometo", mas também brilhou em outras como "Verão Vermelho", "Assim na Terra Como no Céu", "Gabriela" e "Os Ossos do Barão". Posou nua para revista Playboy em janeiro de 1982, num ensaio secundário.
NASCIMENTO: 28 de outubro de 1938 - São Paulo, Brasil.
MORTE: 20 de março de 1989 - Rio de Janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Câncer de mama. 
OBS: Descobriu o câncer, inicialmente no seio, em 1986, mas não deixou de trabalhar, mesmo em tratamento. Já com a doença, viajou para a União Soviética e participou de um documentário sobre o país e os primeiros passos da Perestroika; escreveu um livro, publicado em 1988, um pouco antes da sua morte, sobre sua vida e a luta contra o câncer, chamado "Dina Sfat- Palmas prá que te Quero", junto com a jornalista Mara Caballero e fez a novela "Bebê a Bordo", seu último trabalho na TV. Seu último filme foi "O Judeu" que só estreou em circuito depois da morte da atriz.