Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Conhece o mais completo acervo desse tipo de arquivo da internet brasileira? www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE BRANDON LEE


NOME: Brandon Bruce Lee (28 anos) 
QUEM FOI: Ator norte-americano, filho do Bruce Lee. Logo que andou, Bruce Lee, seu pai, já o treinava no estilo do Jeet Kune Do. Infelizmente, aos oito anos de idade perde o seu pai repentinamente. Logo depois se mudou para Los Angeles com sua mãe e sua irmã Shannon. Desde pequeno Brandon se interessava por teatro e sua mãe o matriculou na High School of Dramaturgic. Ao contrário de seu pai, Brandon queria ser conhecido por sua habilidade teatral e não pelos seus conhecimentos marciais.
Alguns anos mais tarde ingressou na Faculdade de Emerson em Boston, Massachusetts, juntando-se a uma companhia de teatro. Brandon Lee retorna aos seus treinos de kung fu, conciliando com seus trabalhos teatrais. Volta a treinar na academia de Dan Inosanto e Ted Wong antigos alunos de Bruce Lee.
NASCIMENTO: 1 de Fevereiro de 1965 - Califórnia, EUA.
MORTE: 31 de Março de 1993 - Carolina do Norte, EUA.
CAUSA DA MORTE: Hemorragia abdominal (depois de levar um tiro)
OBS: Ocorreu durante as gravações de O Corvo. Enquanto contracenava em uma cena em que era baleado foi atingido por um projetil o qual deveria estar carregado por festim. Uma das cenas filmadas para o filme requeria que uma arma fosse carregada, engatilhada e apontada para a câmera, mas, por causa da curta distância do tiro, a munição carregada era de verdade, mas sem pólvora. Após a realização desta cena, o assistente do armeiro limpou a arma para retirar as cápsulas, derrubando um dos projéteis no cano. A arma foi carregada com festim (que normalmente tem duas ou três vezes mais pólvora do que um projétil normal, para fazer um barulho alto). Lee entrou no set com um saco de supermercado contendo uma bolsa explosiva de sangue artificial. O projétil que estava preso no cano foi involuntariamente disparado em Lee, atravessando o saco que ele trazia, causando perfurações em seus órgãos internos e partindo sua coluna vertebral, causando sua morte por hemorragia interna, mesmo com a desesperada tentativa de uma cirurgia de seis horas para retirar a bala.