EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE PLATÃO


NOME:  Arístocles (Platão era um apelido que significa "Costas Largas") (80 anos)
QUEM FOI: Filósofo grego, um dos principais filósofos gregos da Antiguidade. Ainda na juventude, tornou-se discípulo de Sócrates, com quem conviveu durante oito anos, iniciando-se na filosofia. Depois de acompanhar todo o processo que condenou o seu mestre (Sócrates, acusado de corromper a juventude e de não acreditar nos "deuses", foi obrigado a beber o veneno cicuta, que o levaria à morte), Platão, desiludido com a democracia ateniense, viajou para outras cidades da Grécia, Egito e sul da Itália, e começa a escrever. Depois de viajar pela Magna Grécia e pela Sicília, Platão regressou a Atenas e fundou a Academia, que em breve se tornou conhecida e frequentada por um grande número de jovens que vinha à procura de uma educação melhor. Platão desenvolveu conceitos os mais diversos, transitando da metafísica para a política, destas para a teoria do conhecimento, abrangendo as principais esferas dos interesses humanos.
NASCIMENTO: c. 428 a.C. - Atenas, Grécia.
MORTE: c. 348 a.C. - Atenas, Grécia.
CAUSA DA MORTE: Causas naturais.
OBS: Convidado por um discípulo para uma festa de casamento, em um momento da festa, Platão cansado, deitou-se em um sofá, numa sala não utilizada pela festa, adormeceu e nunca mais acordou. Provavelmente teve uma parada cardíaca.

Nenhum comentário: