EXPERIMENTE O INSTAGRAM E FANPAGE @CAPSULAHISTORICA

MORTE DE MOZART


NOME: Joannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart (35 anos)
QUEM FOI: Compositor e gênio musical austríaco. Um dos setes filhos do compositor, cantor, ator e violinista Leopold Mozart e de Anna Maria Walburga Pertl. Mozart destaca-se pela sua precoce genialidade que se considera o maior prodígio da história da música. Teve os primeiros contatos com o cravo aos quatro anos de idade. Aos cinco anos de idade já compunha e tocava minuetos. Mozart sempre teve a saúde debilitada, talvez pelas constantes viagens da primeira infância, nem sempre em condições adequadas, e foi acometido de diversos males durante a sua vida, vindo a falecer precocemente aos 35 anos de idade.
NASCIMENTO: 27 de janeiro de 1756 - Salzburgo, Áustria.
MORTE: 5 de dezembro de 1791 - Viena, Áustria.
CAUSA DA MORTE: Febre militar.
OBS: Mozart foi velado na catedral em 6 de dezembro e no dia 6 ou 7 foi enterrado com discrição em uma vala comum no cemitério da Igreja de São Marx, nos arredores de Viena, sem ninguém a acompanhá-lo, o que, ao contrário das versões romantizadas que deram sua morte como em condições abjetas e seu enterro solitário como uma indignidade e uma trágica traição dos vienenses ao grande gênio, era um costume comum em seu tempo. Não foi erguida nenhuma lápide e o local exato da tumba é até hoje desconhecido. os maçons fizeram celebrar uma missa suntuosa no dia 10 e publicaram o elogioso sermão proferido em sua honra, vários concertos foram dados em sua memória, e alguns em benefício de Constanze.


FEBRE MILITAR é o termo empregado para descrever uma condição desconhecida, possivelmente contraída em algum lugar exótico (já que muitos soldados a contraíam no exterior) e que resultava em febre alta. O Método mais comum usado para combater a doença era a sangria, ou drenagem de um volume não específico de sangue de uma veia, para tentar reequilibrar o organismo.