Você gosta de IMAGENS HISTÓRICAS? Conhece o mais completo acervo desse tipo de arquivo da internet brasileira? www.FOTONAHISTORIA.blogspot.com

MORTE DE CÂNDIDO PORTINARI


NOME:  Cândido Torquato Portinari (58 anos) 
QUEM FOI: Artista plástico brasileiro considerado um dos artistas mais prestigiados do país e foi o pintor brasileiro a alcançar maior projeção internacional. 
Sempre preocupado em caracterizar o tipo brasileiro, retratou a vida rural brasileira, a tragédia das migrações nordestinas e o trabalho duro nos portos. Apresentou sua primeira obra, Um Baile na Roça, em 1921. Um ano mais tarde, estreou no Salão Nacional de Belas-Artes. No salão de 1928, ganhou um prêmio de viagem ao exterior, onde conheceu os museus da França, Itália, Inglaterra e Espanha e estudou as obras dos mestres. O reconhecimento internacional veio com o quadro Café (1934), já de caráter muralista, que recebeu menção honrosa na Exposição Internacional de Arte Moderna do Carnegie Institute, em Pittsburg (EUA), em 1935. Pintou seu primeiro mural para o Monumento Rodoviário da estrada Rio–São Paulo, atual Rodovia Presidente Dutra. Trabalhou de 1936 a 1945 nos painéis para o edifício do Ministério da Educação do Rio de Janeiro, hoje Palácio da Cultura. Em 1940 realizou exposição individual no Museu de Arte Moderna (MoMA) de Nova York; o sucesso foi tal que os quadros expostos foram todos vendidos.
NASCIMENTO:  29 de dezembro de 1903 - Brodowski, PS, Brasil.
MORTE: 6 de fevereiro de 1962 - Rio de Janeiro, Brasil.
CAUSA DA MORTE: Intoxicado pelas tintas. 

OBS: Desobedecendo as ordens médicas, Portinari continuava pintando e viajando com frequência para exposições nos EUA, Europa e Israel. No começo de 1962 a prefeitura de Milão convida Portinari para uma grande exposição com 200 telas. Trabalhando freneticamente, o envenenamento de Portinari começa a tomar proporções fatais, até morrer intoxicado.